Getafe visita Valladolid para espantar má fase de LaLiga
Foto: Divulgação / Getafe FC

Com objetivos distintos no Campeonato Espanhol, Getafe e Valladolid se reencontram nesta terça-feira (23) no Estádio José Zorrilla.

Nos últimos três jogos, desde a retomada do Campeonato Espanhol, o Getafe perdeu do Granada e empatou com o lanterna Espanyol e com o Eibar. Sendo assim, a meta de disputar a próxima edição da Champions League ficou mais distante, visto que a equipe caiu do quatro para o sexto lugar. Neste momento, quatro pontos separam a equipe do Atlético de Madrid, que fecha o G4.

Já o Valladolid soma 33 pontos, sete a mais do que o Mallorca, o primeiro time da zona de rebaixamento. A equipe também vive uma irregularidade, visto que ganhou do Leganés, empatou com o Celta e perdeu para o Atlético de Madrid. 

Sem Míchel nem Waldo Rubio, suspensos, Sandro e Pedro Porro, vetados pelo Departamento Médico, o time do volante brasileiro Matheus Fernandes será diferente do que entrou em campo diante dos madrilenhos na última rodada. 

"Temos que virar a página, muita coisa já aconteceu de lá pra cá. O importante é que os jogadores se recuperem e entrem tranquilos", declarou Sergio González, espanhol de 43 anos que comanda a equipe desde a temporada 2017/18.

Provável escalação do Valladolid: Masip, Javi Moyano, Kiko Olivas, Salisu e Nacho; Alcaraz, Joaquín, Óscar Plano, Toni Villa, Enes Ünal e Sergi Guardiola. Técnico: Sergio González.

Ambos os brasileiros que integram o elenco do Getafe sequer foram relacionados desta vez. Deyverson nem jogou contra o Eibar, enquanto Kenedy participou apenas dos minutos finais. Segundo a imprensa espanhola, o ex-atacante do Palmeiras deve voltar ao Brasil nos próximos dias para definir seu futuro e tem o desejo de permanecer no futebol europeu. 

Além deles, também estão fora deste jogo dois nomes vetados pelo Departamento Médico - o nigeriano Etebo, com dores musculares, e o uruguaio Cobaco, que sentiu o tornozelo. O técnico José Bordalás admite o momento instável do Getafe.

"O Getafe tem história, mas somos uma equipe modesta, às vezes pelo nível de cobrança que recebemos tenho a impressão de que se esquecem disso. Não estamos bem, nosso jogo não está fluindo. A equipe tem sido precipitada, cometemos erros que nos custaram pontos, mas estamos trabalhando para ajustar isso e recuperar nossa identidade. Estou tranquilo quanto a isso. Espero um jogo muito complicado, estamos cientes disso".

Provável escalação do Getafe: David Soria, Damián, Djené, Etxeita, Jason Olivera; Nyom, Maksimovic, Arambarri e Cucurella; Mata e Jorge Molina. Técnico: José Bordalás. 

VAVEL Logo