#EntrevistaVAVEL: atacante Felipe Gabriel relata adaptação ao futebol da Letônia: "Mais físico do que técnico"
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

A Letônia é um país de pouca tradição no futebol, mas foi por lá que o atacante Felipe Gabriel firmou suas raízes. Ele concedeu entrevista exclusiva à VAVEL Brasil e ao canal Vigliotti Fc contando mais sobre o futebol no país do leste europeu.

Perguntado sobre a diferença entre o futebol brasileiro e o  praticado na Letônia, Felipe argumentou que se sentiu surpreso e quebrou a cara.

''Tem muito brasileiro que vem para cá, achando que vai ser fácil e quebra a cara. Inclusive eu quebrei a cara porque aqui é muito mais físico do que a técnica em si, o que dificulta um pouco o estilo de jogo brasileiro.''

No início da carreira, o atacante passou pelas categorias de base do Cotia-SP e Matonense. O esportista relembrou algumas situações difíceis que passou.

''Moravam eu e mais 40 meninos juntos no mesmo alojamento, muitas vezes só tinha arroz para comer, os mais antigos roubavam a roupa de treino do varal, então foi tudo muito difícil, base no Brasil não é para qualquer um''.

Felipe também trabalha como ator, cantor e modelo de algumas marcas famosas como: Coca-Cola, Springles, Adidas. Ele comentou como isso o ajuda e o prejudica em relação a carreira.

'' O lado bom disso tudo é que eu consigo diversificar meu público, tem pessoas de todas as áreas que me seguem e gostam do meu trabalho. Oque prejudica é que por fazer muitas coisas, o foco as vezes não consegue ser total apenas em uma área.''

VAVEL Logo