Bayer
Leverkusen faz dever de casa, derrota Mainz, mas não vai à Champions
League
Foto: Divulgação/Bayer Leverkusen

Não foi dessa vez! O Bayer Leverkusen ficou pelo caminho e não disputará à UEFA Champions League da próxima temporada através do campeonato nacional. Em jogo realizado pela última rodada da Bundesliga, na BayArena, diante do Mainz neste sábado (27), os aspirinas conquistaram vitória magra por 1 a 0, com gol de Volland, mas não foi suficiente para se classificar na principal competição de clubes da Europa.

Borussia Mönchengladbach, rival direto pela última vaga, venceu por 2 a 1 o Hertha Berlin no Borussia-Park e tinha vantagem tanto em pontos quanto no saldo de gols. Como prêmio de consolação, o Bayer está garantido na próxima edição da UEFA Europa League.

Logo no minuto inicial, através de vacilo na cobrança de lateral do Mainz, Amiri roubou a bola e acionou Volland na área, que mandou ao gol. Leverkusen começou a partida em ritmo acelerado, mas se acalmou minutos mais tarde, pois aos 7’, Baumgartlinger perde a posse no meio-campo e dá oportunidade ao Latza para chutar com perigo ao gol de Hradecky.

Os visitantes chegaram novamente com perigo aos 19’, com Burkardt, mas parou nas mãos do goleiro. Como resposta, Bailey chutou forte à meta adversário, mas os defensores adversários afastaram a bomba.

Aos 33’, poderia ser o alívio do time da casa, se não fosse pelo VAR. Volland novamente marcou, mas estava em posição de impedimento, corretamente anulado pela arbitragem de vídeo. Enquanto os Leões dominavam a posse de bola, que chegou a ser de 67 contra 33% no primeiro tempo, o Mainz tentava chegar em raros momentos com perigo na área adversária através de Burkardt.

Na volta do intervalo, o técnico Peter Bosz aproveitou para mexer no time: tirou Lars Bender e Demirbay para promover as entradas de Weiser e Aránguiz. Embora estivesse com grande domínio das ações, o holandês queria o time com mais intensidade em campo, com rapidez.

Aos 46’, em bola parada, Weiser correspondeu a confiança de seu treinador e estava na área para fazer cabeceio ao gol, porém a chance bateu na trave. Por outro lado, dois minutos mais tarde, o Mainz respondeu com Mateta, que chegou a fazer o tento em longa distância, entretanto estava em posição de impedimento.

Volland, em seguida, com um belo pivô, aciona Bailey no ataque, todavia perde a oportunidade, passando muito perto da trave. Em duas cobranças de escanteio, o jamaicano bateu ambas muito mal e deu motivo para ser substituído, entrando Diaby em seu lugar.

Diaby, aliás, em dois movimentos, vê Aránguiz livre e o chileno dá assistência para Volland fazer o gol. Outra vez o VAR interviu na ação e anulou o lance, por achar falta de Wirtz em St. Juste.

Por fim, a segunda etapa se destacou por ser um jogo aberto, com Leverkusen tentando partir ao ataque, criando muitas oportunidades, controlando a posse de bola (66 contra 34%), mas também dando liberdade ao Mainz de chegar à área, o que aconteceu aos 86’, com Edimilson Fernandes, que entrou um minuto antes na partida, carimbando a bola na trave. Mesmo construindo a vantagem logo cedo, o time da casa não conseguiu fazer mais gols e precisou se contentar com 1 a 0 no placar.

Classificação final

O Bayer Leverkusen se despediu da atual edição da Bundesliga na quinta colocação, dois pontos atrás do quarto colocado, com 63. Vale mencionar que os Leões terão compromissos pela frente: viajarão à Berlin para encarar o Bayern de Munique no próximo sábado (4), às 15h, para fazer a final da Copa da Alemanha, e em agosto terá jogo de volta contra o Rangers, pelas oitavas de final da UEFA Europa League.

Por sua vez, o Mainz finaliza o campeonato salvo do rebaixamento, na décima terceira posição, com 37 pontos.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo