Em despedida de Raffael, Mönchengladbach vence Hertha e confirma vaga na Champions League
Festa do elenco por conseguir a vaga (Foto: Divulgação / Borussia M'gladbach)

No Borussia-Park, o Mönchengladbach encarou o Hertha Berlin pela última rodada da Bundesliga com a missão de vencer para se garantir na próxima edição da Champions League. E missão dada é missão cumprida para os comandados de Marco Rose. O placar de 2 a 1 foi suficiente para assegurar a quarta posição e vaga na competição internacional numa partida marcada pelo domínio dos Potros e despedida do ídolo Raffael.

A vitória fez com que o time próximo da fronteira com os Papises Baixos chegasse aos 65 pontos, dois a mais que o Bayer Leverkusen, quinto na classificação e primeiro fora da zona de vagas à Champions League. Enquanto isso, já sem nenhuma briga na tabela, o Hertha Berlin ao menos pode se gabar de ter ficado uma posição à frente do rival local, o Union, mas com os mesmos 41 pontos.

Domínio dos Potros

Durante todo o jogo, foram incríveis 23 chutes dos Potros contra apenas cinco dos berlinenses. Desses, oito foram a gols por parte do Borussia e cinco por parte do Hertha. As grandes chances também estiveram superiores no time da casa: cinco contra apenas uma.

Os gols foram marcados por Hofmann, aos sete minutos, e Embolo aos 78'. Antes do apito final, Ibisevic ainda descontou, aos 91', porém não tinha tempo para mais nenhuma movimentação de placar.

Despedida de Raffael

Nos acréscimos, o brasileiro ídolo do time entrou para fazer seu último jogo com a camisa do M'gladbach. Ao todo, foram 201 partidas. Ele ainda teve uma chance clara de gol, mas barrou na defesa do goleiro adversário, deixando entalado o grito de seu gol na gargante da torcida borussiana. Mas vale a idolatria, pois foram 71 tentos e 35 assistências em sua conta no clube.

Aos 35 anos, Raffael não teve o contrato renovado e se despede do Borussia M'gladbach após sete temporadas ajudando a reconstrução da equipe.

VAVEL Logo