Diante do Genoa, Juventus busca nova vitória para seguir no topo e se aproximar do título
Foto: Divulgação/Juventus FC

Mais uma rodada do Campeonato Italiano tem início nesta terça-feira (30). No Estádio Luigi Ferraris, em Gênova/ITA, o Genoa tem a dura missão de enfrentar a Juventus às 16h45 (horário de Brasília), pela rodada #29 da Serie A 2019-2020. Não apenas pela grandeza de investimento e estrutura, mas o confronto é caracterizado pelos contrastes. De um lado, os mandantes estão numa briga feroz com a arquirrival Sampdoria, com a Udinese e com o Lecce na briga contra o rebaixamento. Do outro lado, os visitantes estão firmes pela conquista do nono título nacional, com cinco vitórias seguidas e cada vez mais perto de ampliar o recorde de conquistas no âmbito da Península Itálica.

Na última rodada, o Genoa empatou com o Brescia em 2 a 2. Atualmente, o time ocupa a 16ª posição, com 26 pontos, um acima do Lecce, na degola. Do outro lado, a Juventus goleou o próprio Lecce por 4 a 0 e, de certa forma, ajudou os genoveses. A Velha Senhora soma 69 pontos, no primeiro lugar, quatro à frente da Lazio. Nos últimos seis confrontos, quatro vitórias bianconeras, um triunfo rossoblù e um empate. No último mês de outubro, os clubes mediram forças pela última vez no Allianz Stadium, com vitória da Juve por 2 a 1.

Necessidade de vencer

A situação do Genoa é complicada em mais uma temporada. A equipe novamente apresenta uma campanha ruim, mas permanece fora da zona de rebaixamento. Na última rodada, viu o Brescia abrir vantagem nos primeiros 15 minutos de jogo, mas conseguiu o empate no segundo tempo, merecido por jogar mais. Porém, o perigo segue muito real, pois os Grifos têm apenas um ponto a mais que o Lecce, primeiro clube da zona de rebaixamento.

Os desfalques permanecem os mesmos, ambos por lesão: o meia Radovanovic e o zagueiro Criscito. Emprestado pela Juventus ao Genoa, o meia Sturaro foi importante na temporada passada, quando o clube bateu a Velha Senhora e conseguiu um resultado importante para garantir a permanência na elite. A situação se repete neste ano e o jogador busca novamente ser decisivo para ajudar em novo resultado positivo.

“Genoa e Juventus são os dois times que joguei na Serie A, são duas realidades que antes e depois fizeram parte da minha vida. No ano passado, foi um belo retorno após um período ruim. Certamente será uma partida emocionante. Foi um gol muito importante para nós no ano passado, porque lutamos no resto do campeonato e esse gol se tornou muito importante. Nesse ano, é um jogo tão difícil quanto. A Juventus é uma equipe criada para vencer tudo e vamos tentar fazer o nosso melhor”, falou.

Juve com mudanças apenas fora das quatro linhas

Dentro de campo, tudo ocorre muito bem na Juventus. Porém, embora o calcio ainda esteja em andamento e o momento seja atípico, a diretoria já se movimenta para definir o elenco da próxima temporada. Nesta segunda-feira (29), o meia brasileiro Arthur foi oficialmente contratado como reforço do clube. Em contrapartida, Pjanic vai ao Barcelona. Além disso, o goleiro Buffon e o zagueiro Chiellini tiveram seus contratos renovados por mais uma temporada.

Em campo, o lateral Danilo retorna de suspensão cumprida contra o Lecce e será titular no lado esquerdo. Em contrapartida, seguem no departamento os laterais Alex Sandro e de Sciglio, além do meia Khedira. Em entrevista coletiva, o técnico Maurizio Sarri falou sobre a preparação de seus comandados e como pretende definir a formação inicial.

“Jogar na casa do Genoa é difícil para todos. Nos jogos em casa disputado nos últimos anos, sempre foram bem. O jogo é complicado, assim como os jogos contra equipes que lutam para não serem rebaixadas. Temos que estar ciente dessas dificuldades e os jogadores sabem disso. Ainda estamos na fase em que a melhor condição física deve ser encontrada. As cinco substituições são algo a serem tratadas com cuidado, mas também é uma experiência nova e estimulante”, afirmou.

VAVEL Logo