Muito nervosismo e pouco futebol: Werder empata em casa com Heidenheim no Relegation
Muito nervosismo e pouco futebol em Werder Bremen 0x0 Heidenheim (Foto: Divulgação/Werder Bremen)

garae o drama do Werder Bremen no futebol alemão. Nesta quinta-feira (02), os alviverdes receberam o Heideinheim, no duelo de promoção/descenso entre a Bundesliga (Campeonato Alemão) e a 2. Bundesliga (segunda divisão alemã). O 0 a 0 no norte do país tedesco deixou a equipe em situação ruim para se manter na primeira categoria nacional.

O cotejo teve muito nervosismo e pouca técnica, é bem verdade. A primeira finalização com perigo aconteceu apenas aos 21 minutos do segundo tempo. 

Tudo será decidido na próxima segunda-feira (06), com o Heidenheim, equipe no sudoeste da Alemanha, com a vantagem de campo.

Faltou ímpeto ofensivo e sobrou tensão

Cercada de muita expectativa, a partida teve pouca qualidade técnica. A superioridade de divisão do Werder Bremen comprovou-se em campo, mas não foi suficiente para que os Verdes tivessem vantagem no marcador. 

O playoff, porém, deixou claro o motivo pelo qual a equipe da Bundesliga teve campanha tão ruim. No primeiro tempo, por exemplo, nem uma chance de perigo foi criada. Não tivemos sequer uma finalização no gol, a despeito das dezoito criadas - dez dos mandantes, oito do Heidenheim. 

Apesar disso, o Werder controlou o jogo. Com 69% de posse de bola, 601 passes foram trocados, conta 260 do adversário. Uma grande chance, porém, apenas na metade do segundo tempo. Aos 21 minutos, Milot Rashica cobrou falta na faixa central e a bola passa à direita do gol de Kevin Muller.

Técnico do Heidenheim sob forte chuva que caiu durante todo segundo tempo (Foto: Divulgação/Bundesliga)
Técnico do Heidenheim sob forte chuva que caiu durante todo segundo tempo (Foto: Divulgação/Bundesliga)

Ainda houve tempo para, aos 41 minutos da segunda etapa, Niklas Moisander derrubar Maurice Multhaup, que descia pelo lado direito, e ser expulso de campo.

Nos acréscimos, uma chance para cada lado. Aos 45 minutos, Leonardo Bittencourt recebeu de Maximilian Eggestein e finalizou fraco, com o goleiro já batido. Timo Beermann afastou. 

Dois minutos depois, Beermann escorou cobrança na área e a cabeçada passou muito perto da meta defendida por Jiri Pavlenka.

Jogo de volta

O retorno do confronto acontecerá na próxima segunda-feira (06), às 15h30. O duelo acontecerá na Voith-Arena, casa do Heidenheim. Um mero empate em 0 a 0 novamente leva a decisão à prorrogação. Entretanto, uma igualdade com gols deixa o Bremen na primeira divisão. Vale ressaltar que quem vencer garante a vaga.

VAVEL Logo