No sufoco! Werder Bremen empata com Heidenheim e continua na Bundesliga
Foto: Divulgação / Bundesliga

tu=imin===r etApós uma campanha ruim na temporada regular da Bundesliga, o Werder Bremen teve que disputar a repescagem contra o Heidenheim, e evitou o rebaixamento para a segunda divisão após um empate em 2 a 2 no jogo de volta, nesta segunda-feira (6) na Voith-Arena.

O Werder tomou um susto durante a temporada, visto que livrou-se do rebaixamento direto na última rodada da Bundesliga, quando goleou o Colônia, ultrapassou o Fortuna Duüsseldorf e se classificou para os playoffs. Sendo assim, o clube está garantido na edição 2020-21 do principal campeonato da Alemanha, enquanto o Heidenheim segue na 2. Bundesliga.

Gol contra, pênalti e emoção até o apito final

Jogando fora de casa, o Werder precisava apenas do empate para seguir na elite do futebol alemão. O time abriu o placar aos três minutos e dominou o jogo nos primeiros 20 minutos, tanto que finalizou com Rashica e Osako, mas depois recuou, e então o Heidenheim começou a trocar mais passes e terminou até com mais posse de bola.

O primeiro gol aconteceu em jogada de Eggestein, que avançou em direção à meta do Heidenheim e tocou para Osako. Ele tocou para dentro da área e a bola sobrou nos pés de Theuerkauf, que marcou contra.

Na volta do intervalo, o técnico Frank Schmidt desfez o esquema tático com três zagueiros e promoveu as entradas de Schimmer e Otto. A dupla correspondeu logo, tanto que protagonizou chances de perigo para o time da casa no início do segundo tempo.

Um dos destaques da partida foi o goleiro Kevin Müller, que defendeu com a perna duas bolas de Agustinsson e Klaasen em tentativas dentro da área do Heidenheim. 

Tudo continuou equilibrado até os 40 minutos, mas como só a vitória interessava o time da casa foi pra cima. No lance mais importante do segundo tempo, Mohr invadiu pela ponta esquerda, soltou a bomba e a bola explodiu no travessão. No rebote, ela bateu nas pernas do artilheiro Kleindienst e entrou no gol.

O alívio do Werder veio nos acréscimos, quando Agustinsson aproveitou uma jogada individual de Bartels, que se livrou da marcação de dois jogadores do Heidenheim e tocou para o sueco fazer 2 a 1.

Quando a vitória parecia garantida, Selassie atingiu Mohr dentro da área e então Kleindienst converteu o pênalti, mas não havia mais tempo para reagir.

Revertendo o que aconteceu ano passado

Werder Bremen não deixou o desfecho do ano passado se repetir. No Relegation 2019, o Union Berlin (então terceiro na 2.Bundesliga) eliminou o Stuttgart (16º da Bundesliga à época) ao empatar fora de casa por 2 a 2 e segurar o 0 a 0 na capital alemã. Novamente com dois empates, o Relegation 2020 teve final diferente.

VAVEL Logo