Desesperado, Aston Villa recebe Manchester United para fugir do rebaixamento
Foto: Divulgação/Premier League

 na primeira diVivendo momentos distintos, o Aston Villa enfrenta o Manchester United em Villa Park, às 16h15 (de Brasília), pela 34ª rodada da Premier League. Enquanto os Villans sonham permanecer na elite do futebol inglês, os Reds Devils têm a intenção de disputar a Champions League.

Com apenas dois pontos conquistado dos 15 possíveis, o Aston Villa é o 18º colocado, com 27 pontos - quatro de diferença para o Watford, primeiro time fora da zona vermelha. Somando 55, o United figura a quinta posição e tenta garantir o acesso ao principal torneio do velho continente, já que segue na cola do Leicester, quarto na tabela de classificação.

Villa precisa quebrar tabu para continuar na primeira divisão

Para conseguir o primeiro triunfo neste recomeço da Premier League, o Aston Villa terá que superar de 21 anos sem vencer o Manchester United em casa. O último encontrou ocorreu em 2015, sendo derrotado por 1 a 0.

Com dois empates e três derrotas, o técnico Dean Smith lamentou os tropeços. Contudo, reforçou que a atenção precisa ser redobrada nesta reta final. 

Foto:Divulgação/Aston Villa   

“Há pontos que deixamos por aí e a única maneira de consertar isso é nos últimos cinco jogos. Temos que manter nossos padrões defensivamente e melhorá-los, se possível. Se fizermos isso, estamos no jogo e temos que garantir que melhoremos nossa qualidade no terceiro final".

Provável escalação: Reina; Konsa, Hause, Mings, Taylor; El Ghazi, Luiz, McGinn, David Luiz, Trezeguet; Grealish; Davis.

United em boa fase

Embalado neste recomeço da temporada, o Manchester United está invicto. O time do noroeste da Inglaterra ganhou quatro e empatou uma, com 14 gols marcados e quatro sofridos.

Apesar do bom momento, o comandante Ole Gunnar Solskjaer pede calma em relação ao G-4. Segundo ele,  é preciso pensar jogo após jogo e não depender de ninguém.

Foto: Divulgação/Manchester United  

"Você nunca sabe o que vai acontecer, mas acho que parece ... as equipes ao nosso redor estão jogando bem. Apenas nos concentramos neste, no próximo. Se vencermos cada um deles, estamos entre os quatro primeiros. Não podemos contar com a ajuda de mais ninguém, apenas precisamos fazer isso sozinhos. Isso é crescer como uma equipe e saber que, na próxima temporada, podemos colocar um desafio diferente para outras equipes à nossa frente". 

Provável escalação: De Gea; Wan-Bissaka, Bailly, Maguire, Shaw; Matic, Pogba; Greenwood, Bruno Fernandes, Rashford; Martial.

VAVEL Logo