Arteta lamenta derrota de virada para Tottenham: “Decepcionado e frustrado”
Foto: Divulgação/Arsenal

Em jogo disputado no último domingo (12), o Tottenham derrotou o Arsenal por 2 a 1 com gols de Son e Alderweireld. Os gunners conseguiram abrir o placar com Lacazette. O jogo que foi disputado no Tottenham Hotspur Stadium foi válido pela 35ª rodada da Premier League.

Após a partida, Arteta falou sobre como foi o jogo, sobre alguns erros cometidos e sobre os objetivos do clube.

O técnico começou lamentando a derrota para o rival no derby do norte de Londres: “Estou decepcionado e frustrado e realmente sinto muito pelos meninos primeiro, porque a maneira como jogaram hoje e a personalidade que mostraram hoje entraram nesse campo e mostram quem somos, anulam os oponentes e pressionam-nos alto, forçando-os a chutar a bola longa e defender em um bloco baixo. Era exatamente o que queríamos fazer. Mas, obviamente, se você der os dois gols que marcamos contra esses jogadores, é muito difícil vencer um derby.

"É mentalmente difícil, porque na sua mentalidade você está à frente, está controlando o jogo e tudo o que falamos está realmente acontecendo. Então você apenas abre esse momento e mentalmente afeta todo o humor, o momento e a nossa energia. Ainda assim, voltamos no segundo tempo e éramos ainda melhores, ainda éramos ainda mais dominantes, com mais controle e queríamos realmente marcar o segundo gol e, em uma ação isolada, sofremos o gol. Nós temos que aprender”, completou o técnico.

Ele também respondeu se ainda sente que o time pode melhorar em campo: “Sim. Se minimizarmos os erros que cometemos e continuarmos jogando assim, venceremos muitos, muitos, muitos jogos de futebol. Porque vamos tornar realmente difícil para o oponente. Eu tenho certeza disso. Mas esses dois aspectos, um tem que ser mantido e o outro tem que ser evitado e é por nossa conta. Eles acreditam no que estamos fazendo. Você pode ver como eles estão tentando e como estão indo. É uma pena, porque se você é capaz de vencer tão bem em um terreno tão grande, em um cenário tão grande como hoje, isso lhe dá uma grande crença”.

Ainda sobre o jogo, Arteta falou que prioriza como seu time vai jogar antes de pensar em estatísticas, apesar da derrota de hoje: “O primeiro objetivo em um grande jogo, você sabe o quanto é importante e as porcentagens de vitória quando você o tem. Dá-lo assim depois do que é necessário para quebrar um time como o Tottenham, isso afeta, mas imediatamente seguimos em frente, continuamos tentando e começamos a dominar a última parte do primeiro tempo, e no segundo tempo modificou uma ou duas coisas e começou a atacá-las melhor, dominá-las melhor e recuperar a bola muito cedo.

"Tivemos poucos momentos em que tivemos que nos defender profundamente, mas quando tínhamos mais controle e tudo parecia estar ganhando mais impulso e nos aproximando da vitória do jogo, sofremos o gol”, disse o comandante dos gunners.

Por fim, ele lamentou as derrotas que acontecem por detalhes e enxerga a necessidade de mudanças para que isso melhore: “Desde que entrei, várias coisas nos custaram jogos. Não posso apenas destacar um deles, mas alguns dos que você mencionou obviamente estão envolvidos. Alguns vêm de erros, outros são de gerenciamento de jogos, outros de peças, outros de erros individuais, mas observam a margem que temos. Quinze pontos são muitos e isso significa que estamos lutando e competindo em todos os jogos, estamos muito próximos, mas a margem para vencer, perder ou empatar às vezes é pequena e, no momento, precisamos melhorar isso”.

O Arsenal volta aos gramados na próxima quarta-feira (15), quando recebe o Liverpool em jogo válido pela 36ª rodada da Premier League. O jogo será o Emirates Stadium, às 16h15.

VAVEL Logo