Maior vencedor da FA Cup, Arsenal duela com atual campeão Manchester City por vaga à decisão
Foto: Divulgação/Arsenal FC

Neste sábado (18), às 15h45, Arsenal e Manchester City se enfrentam pelas semifinais da FA Cup, em um reencontro de Mikel Arteta e Pep Guardiola. Antigo pupilo do treinador nos Citizens, o novo técnico gunner almeja o único título restante na temporada caracterizada por oscilações do time de Londres.

O Manchester City venceu os últimos sete confrontos contra o Arsenal, marcando 20 e sofrendo dois gols no período. O último confronto foi na primeira partida de retorno do futebol, e os Citizens venceram por 3 a 0, em noite para esquecer do zagueiro David Luiz.

A semifinal será apitada por Jonathan Moss, com auxílio de Simon Bennett e Marc Perry.

Arsenal quer manter embalo após vitória contra campeão

Sem seis jogadores, o Arsenal acredita na evolução da sua equipe para desbancar os vice-campeões ingleses. Apesar de não contar com Gabriel Martinelli, Cedric, Nketiah, Leno, Chambers e Pablo Marí, o time de Arteta acredita que controlar o meio de campo será a melhor alternativa para frear os rivais.

Depois de vencer o Liverpool em casa pela Premier League, Arteta estima que o desempenho de Granit Xhaka e Dani Ceballos serão determinantes no confronto com o City.

"Trata-se de construir relacionamentos e as diferentes qualidades que a equipe precisa. [Granit e Dani] têm ido muito bem, mas já jogamos com muitas diferentes; Lucas já jogou lá, Matteo já jogou nessa posição, Ainsley e Joe jogaram nessas posições também no bolso, Bukayo jogou como meia atacante muitos jogos nesta posição também", disse ao site do clube.

Com 23 gols na temporada, Aubameyang, que tem futuro incerto no clube, é o principal jogador da equipe, e de acordo com o próprio Arteta, são em jogos como o de hoje que o gabonês costuma crescer. "Eu acho que o fato de ele ser capaz de manter esse nível de pressão e ainda entregar todos os anos, marcando a quantidade de gols que ele faz, diz tudo sobre como ele responde e como ele gosta de desafios", finaliza.

Historicamente o Arsenal leva grande vantagem contra o Manchester City em confrontos. São 96 vitórias contra 57 dos rivais, apesar do retrospecto recente favorecer os Citizens. Os Gunners são os maiores campeões da FA Cup, com 13 títulos.

Provável escalação do Arsenal: Martínez; Mustafi, David Luiz, Tierney; Bellerín, Ceballos, Xhaka, Saka; Pépé, Lacazette, Aubameyang. 

Citizens vão atrás do bicampeonato

Sem o título da Premier League e com a decisão da Champions League adiada para a partir de agosto, o Manchester City estima conquistar o bicampeonato do torneio mais antigo do mundo. O palco já é conhecido da equipe, foi em Wembley que o time goleou o Watford por 6 a 0 na decisão passada. Além disso, os Citizens já conquistaram a Copa da Liga nesta temporada, batendo o Aston Villa na decisão.

Com o tradicional 4-3-3, a grande novidade é a volta de Kyle Walker, enquanto João Cancelo está fora da partida. Rodri e Phil Foden também são duas grandes apostas de Pep para o confronto. O City vem de vitória por 2 a 1 contra o Bournemouth, pela Premier League.

Reforçando o trabalho mental de sua equipe, Guardiola tratará o jogo como uma avaliação para as próximas decisões internacionais. "Será um bom teste para ver se estamos prontos para jogar contra Madrid."

Provável escalação do Manchester City: Ederson; Walker, Fernandinho, Laporte, Mendy; Rodri, De Bruyne, David Silva; Foden, Gabriel Jesus, Sterling.

VAVEL Logo