France Football cancela premiação Bola de Ouro 2020 por causa da pandemia
Foto: Divulgação / France Football

A revista francesa France Football anunciou na manhã desta segunda-feira (20) que não entregará o prêmio Ballon D'Or da temporada 2019/20. Em comunicado publicado em seu site, a organizadora da premiação criada em 1956 justificou que a interrupção do calendário de disputas entre março e maio e as mudanças nas regras afetam a credibilidade e legitimidade da eleição.

A France Football resumiu as razões para o cancelamento em sete tópicos ."Não queríamos colocar  um asterisco permanente na lista de prêmios, como "troféu ganho em circunstâncias excepcionais devido a crise  na saúde causada pelo Covid-19". Sempre preferimos uma pequena torção (para nossa história) do que uma grande cicatriz. É a primeira vez desde 1956 que o Ballon d'Or terá uma pausa. Não estamos felizes com a pausa, mas soa para nós a coisa mais responsável e lógica."

"Protegendo a credibilidade e legitimidade do prêmio também significa mensurar sua imperfeição. Porque somente dois meses (janeiro e fevereiro) dos 11 geralmente necessários para formar uma opinião e decidir quem é melhor, é muito pouco para avaliar e julgar , dados que os jogos foram - ou serão - jogados em outras condições e formatos  (portões fechados, cinco substituições, Final 8 europeu em jogo único) são distantes do panorama usual", diz o comunicado da revista.

Os últimos ganhadores receberam o prêmio em dezembro de 2019. Messi recebeu sua sexta Bola de Ouro, o que lhe deixou como recordista da premiação, a americana Rapinoe ganhou na categoria feminina, o goleiro Alisson levou o Troféu Yashin, e o holandês De Ligt, então do Ajax, agora na Juventus, foi premiado com o Troféu Kopa de melhor sub-21.

VAVEL Logo