Sem chances de ir à Liga Europa via campeonato, Xhaka destaca: "Faremos de tudo pra vencer a FA Cup"
Foto: Divulgação / Arsenal FC

Depois de vencer Liverpool e Manchester City na mesma semana, o Arsenal mais uma vez surpreendeu seus torcedores, só que desta vez negativamente. Na tarde dessa terça-feira (21), os Gunners visitaram o Aston Villa e perderam de 1 a 0, pela 37ª rodada da Premier League. O gol foi marcado por Trezeguet.

Para o técnico Mikel Arteta, o jogo foi um exemplo de como cada jogo é completamente diferente. "Primeiro de tudo, parabenizo o Villa na  performance deles e a vitória em uma semana tão exigente  emocionalmente e fisicamente. Tentamos de tudo. Acho que não podemos culpar a falta de esforço dos jogadores, mas depois do gol tivemos que achar  jeitos de atacá-los melhor no segundo tempo e nós embalamos essa criatividade e os momentos finais."

Sobre o Arsenal não terminar no G-6, Arteta disse que o time deve sofrer, pois a décima posição não é o bastante para o clube.

"Por isso que temos que  corrigir, temos um desafio grande e estamos realmente empolgados com o que temos pela frente. Precisamos transmitir esse entusiasmo e paixão, porque eles sofrerão alguns altos e baixos, infelizmente. Hoje está acabando, mas às vezes é bom ver a realidade e depois seguir novamente, seguir em frente e melhorar."

Para o volante Granit Xhaka, que entrou no lugar de Torreira no intervalo do jogo, o time não podia jogar do jeito que jogou.

"Não é bom o bastante e você não pode jogar com essa mentalidade. Não foi suficiente para tirar algo do jogo de hoje, e se ganhássemos hoje e o último jogo, poderíamos ir a Europa League, mas agora temos que ganhar a FA Cup e temos mais pressão. Faremos de tudo para ganhar a FA Cup agora".

A única chance do Arsenal disputar competições europeias na próxima temporada é vencendo a final da FA Cup contra o Chelsea. Na rodada final da Premier League, os Gunners recebem o desesperado Watford, no domingo (26), às 12h.

VAVEL Logo