Bournemouth encara Everton dependendo de outros resultados para se salvar do descenso
Foto: Divulgação/AFC Bournemouth

Bournemouth visita o Everton neste domingo (26) às 12h precisando vencer e torcendo para dois outros resultados para fugir do rebaixamento. O confronto, no Goodison Park, é válido pela 38ª e última rodada da Premier League.

Os Toffees ocupam o 11º lugar na tabela com 49 pontos. Longe do Z-3 e sem chance de classificação para as ligas europeias, o Everton entra em campo pela última vez na temporada apenas para cumprir tabela.

Já a equipe do Bournemouth vai para a partida sabendo que escapar do rebaixamento será difícil. Os Cherries estão na vice-lanterna com 31 pontos. Acima, estão Watford e Aston Villa, primeiro colocado fora do Z-3, ambos com 34 pontos. Portanto, além de vencer fora de casa, a equipe precisa da derrota dos seus dois adversários diretos para permanecer na elite do futebol inglês.

No último encontro entre os dois, vitória do Bournemouth sobre o Everton pelo placar de 3 a 1. No Vitality Stadium, os gols foram anotados por Callum Wilson (duas vezes) e Ryan Fraser pelo time da casa e por Calvert-Lewin pelo visitante.

Toffees querem finalizar campanha com vitória em casa

O Everton está na 11ª colocação da Premier League com 49 pontos. Com uma diferença de nove pontos para o Tottenham, sétimo colocado que pode se classificar para a Liga Europa caso o Chelsea vença a FA Cup, o clube já está fora das ligas europeias da próxima temporada.

Os Toffees tiveram uma vitória, dois empates e duas derrotas nas últimas cinco rodadas. Na última, bateram o Sheffield United por 1 a 0 fora de casa.

O técnico Carlo Ancelotti afirma que o Everton deve encarar o confronto contra o Bournemouth com uma forte mentalidade e desejo de terminar a temporada com uma vitória para buscar impulso já para a próxima temporada.

Para o comandante, o Everton apresentou uma boa evolução desde que assumiu a equipe e trata-se de um clube ambicioso.

Tivemos bons períodos e tivemos algumas dificuldades. Estou trabalhando em uma atmosfera fantástica, em um ambiente em que há muita ambição - em que queremos fazer as coisas corretamente e há muito amor de nossos torcedores. Todas as coisas positivas. Se eu tiver que dizer algo negativo, diria que em alguns jogos não fomos tão bons quanto queríamos. Esse pode ser o passo para o futuro, mas, em geral, estou satisfeito, porque quando cheguei a situação não era tão boa. Subimos rapidamente da zona de rebaixamento. Tentamos lutar pela Europa, não fomos capazes de fazê-lo, mas agora a única maneira é terminar bem a temporada e nos preparar para a próxima".

Ancelotti terá Kean à disposição, recuperado de lesão no tornozelo. Porém Holgate (canela), Yerry Mina (músculo), Fabian Delph (músculo) e Gbamin continuam sem condições de jogo.

Provável escalação do Everton: Pickford; Sidibe, Keane, Branthwaite, Digne; Theo Walcott, Tom Davies, Sigurdsson, Andre Gomes, Richarlison; Calvert-Lewin.

Cherries esperam combinação de resultados para permanecerem na Premier League

Na 19ª posição, o Bournemouth soma 31 pontos. A permanência na Premier League é difícil por depender de outros dois resultados. Além de conseguir os três pontos, precisa que Watford e Aston Villa, 18º e 17º colocado respectivamente, percam seus jogos, o que também diminuirá o saldo de gol das equipes, permitindo que os Cherries ultrapassem.

Nos últimos cinco jogos, foram uma vitória, um empate e três derrotas. Uma dessas derrotas foi na última rodada em casa contra a equipe do Southampton por 2 a 0.

Eddie Howe, técnico do Bournemouth, pede foco dos seus jogadores na partida, mesmo que ela sozinha não seja suficiente para o clube permanecer na Premier League.

"Acho que há uma crença de que podemos vencer nosso jogo e isso é tudo o que podemos controlar. É mais fácil falar do que fazer. Temos que vencer uma partida de futebol e depois esperamos a sorte de que precisamos".

O comandante elogiou o adversário de domingo, mas assumiu a total necessidade de vencer.

"O Everton é um bom time, com jogadores muito bons. Eles têm um técnico excepcional com um ótimo histórico. Sabemos que temos que fazer a nossa parte, mas teremos que ser bons mentalmente e focar na partida. Temos que vencer o nosso jogo, e é nisso que vou me concentrar”.

Além disso, Howe cobrou equilíbrio mental de sua equipe. “Levantar torna-se um ritual. Você lambe suas feridas na noite do jogo e no dia seguinte. É um processo que, infelizmente, tivemos que fazer nesta temporada. Você precisa ser resoluto e positivo. O próximo jogo é o maior jogo de todas as nossas carreiras e faremos o possível para vencê-lo. Meu compromisso com o clube nunca mudou e eu fiz o meu melhor para isso desde o primeiro dia. Controlar nossas emoções será a chave”.

O técnico poderá contar com o retorno de Adam Smith após lesão. Nathan Ake é outro nome que pode voltar depois de uma nova avaliação.

Provável escalação do Bournemouth: Ramsdale; Stacey, Cook, Kelly, Diego Rico; Brooks, Lerma, Billing, Stanislas; Callum Wilson, Joshua King.

VAVEL Logo