Com
dois gols de Bryan na prorrogação, Fulham vence Brentford e retorna à Premier
League 
Foto: Divulgação/Fulham

Alegria de um lado, tristeza de outro: a final dos playoffs da Championship trouxe esses sentimentos para os torcedores de Brentford e Fulham, pois os dois times de Londres se enfrentaram na grande decisão, que foi realizada nesta terça-feira (4), em Wembley. Estava em jogo a última vaga de acesso à Premier League 2020-21, além da quantia milionária de 160 milhões de libras para o vencedor do confronto.

Devido ao equilíbrio no tempo normal entre as equipes, que culminou em um empate sem gols, o duelo foi à prorrogação. No tempo extra, o lateral Joe Bryan chamou a responsabilidade e fez os dois gols da vitória do Fulham, enquanto Dalsgaard, nos acréscimos, descontou para o Brentford. Sendo assim, 2 a 1 a favor dos Cottagers, que voltam à elite após uma temporada na segunda divisão.

Cautela nos 90 minutos

Embora o Brentford estivesse com grande domínio da posse de bola nos minutos iniciais, o Fulham tentou chegar à área adversária com perigo aos 16, que inclusive abriu possibilidade de gol no rebote, mas nenhum jogador da equipe conseguiu aproveitar a oportunidade.

Antes da pausa para hidratação, os Cottagers chegaram com mais facilidade ao ataque, tentando ser mais perigosos nos lances criados e marcando presença na frente. Nervosos, os Bees estavam com dificuldades na partida.

Da metade até o final do primeiro tempo, o jogo ficou centrado no meio-campo, com as duas equipes não conseguindo chegar com eficiência ao ataque. Prevaleceu o equilíbrio, além de cautela e tensão nos primeiros 45 minutos.

Na volta do intervalo, em cobrança de falta venenosa de Kebano aos 47, a bola, que em determinado momento pareceu entrar no gol, foi parar na rede do lado de fora, assustando o goleiro Raya no lance.

A resposta do Brentford demorou, mas veio aos 70, em chute fora da área com o artilheiro Watkins, que obrigou Rodak a fazer difícil defesa e espalmar o perigo. Aos 82, em jogada que começou da esquerda e foi para o lado direito do campo, Dalsgaard arriscou chute, porém passou longe do gol adversário.

Prevendo prorrogação à caminho, o técnico Scott Parker colocou o principal jogador da equipe nos momentos finais da partida: tirou Reid para colocar o sérvio Mitrovic, artilheiro e que não está totalmente recuperado de lesão.

Bryan brilha na prorrogação

Nos minutos iniciais do tempo extra, Kamara, antes de ser substituído por Cavaleiro, arriscou chute fora da área, mas Raya novamente defendeu. O Fulham respondeu novamente com Knockaert, que entrou no lugar de Kebano, com contra-ataque de muito perigo.

O gol dos Cottagers amadureceu aos 117, em cobrança de falta de Bryan, de longa distância, que enganou os defensores do Brentford e o goleiro Raya, que falhou em lance defensável.

Com os Bees desorganizados em campo, novamente Joe Bryan apareceu na defesa adversária para fazer o segundo tento, em jogada que começou através do goleiro Rodak, parou nos pés de Mitrovic, que deu assistência para o lateral.

O Fulham atacou outra vez e quase fez o terceiro gol, entretanto parou em Raya. Nos acréscimos, para descontar, Dalsgaard marcou de cabeça para o Brentford, mas já era tarde demais.

Promovido à Premier League

Com o resultado positivo, o Fulham foi o último time a conquistar acesso à Premier League e estará na elite junto com Leeds United e West Bromwich, que subiram de forma direta. A equipe busca um recomeço na primeira divisão após ser rebaixado na temporada 2018-19 e ficar um ano afastado do principal escalão do futebol inglês.

Na Championship 2019-20, os Cottagers terminaram o campeonato na quarta colocação, com 81 pontos, mesma pontuação do Brentford, conquistando 23 vitórias, 12 empates e 11 derrotas em 46 jogos.

Nos playoffs, o  clube passou por Cardiff City nas semifinais e avançou à final para enfrentar o Brentford. Como conseguiu a promoção, será mais um londrino a participar do Campeonato Inglês da próxima temporada.

VAVEL Logo