Arsenal anuncia demissão de 55 funcionários por causa da pandemia 
Foto: Reprodução / Arsenal

O Arsenal anunciou nessa quarta-feira (05) que deve demitir 55 funcionários por conta dos cortes de gastos gerados com a pandemia de coronavírus. 

"Estas mudanças propostas visam, em última análise, garantir que levemos adiante este grande clube de futebol, criando a organização certa para um mundo pós-Covid, e garantir que tenhamos os recursos para voltar a competir efetivamente no topo do jogo aqui e na Europa", disse o clube em comunicado oficial.

Apesar dos cortes salariais voluntários dos funcionários do clube, a redução drástica nos gastos de capital externo e o controle das despesas operacionais , o clube vê o futuro com bastante incertezas. "Nos últimos anos temos investido consistentemente em pessoal adicional para levar o clube adiante, mas com a esperada redução de renda em mente é agora claro que devemos reduzir ainda mais nossos custos para garantir que estamos operando de forma sustentável e responsável e para nos permitir continuar a investir na equipe".

O anúncio também  fala sobre a volta dos torcedores aos estádios. "Indicações atuais são que não teremos os fãs de volta ao Emirates Stadium no início da temporada é a volta será com números limitados  depois disso. A projeção de economia  global também são bem negativas".

VAVEL Logo