Com show brasileiro, Shakhtar atropela Basel e está na semifinal da Liga Europa
Foto: Divulgação / Shakthar Donetsk

Campeão da Europa League na temporada 2008-09, o Shakhtar Donetsk segue firme na luta pelo bicampeonato. Nesta terça-feira (11), a equipe bateu o Basel por 4 a 1 na Veltins-Arena, em Gelsenkirchen, noroeste da Alemanha. Todos os gols do time ucraniano foram marcados por brasileiros: Junior Moraes, Taison, Alan Patrick e Dodô. Van Volfswinkel descontou.

O Shakhtar teve mais volume de jogo durante os noventa minutos, trocando passes, e definiu a classificação logo no primeiro tempo. O time abriu o placar logo na primeira vez que chegou ao ataque, aos dois minutos de partida. Após cobrança de escanteio de Marlos, o goleiro Nikolidis saiu mal e a bola caiu na cabeça de Junior Moraes, que testou para baixo e balançou a rede. Este foi o quarto gol dele nos últimos cinco jogos.

Ainda no primeiro tempo o camisa 10 do Shakhtar teve mais duas chances, uma aos 19, ao desviar de primeira um cruzamento que veio da ponta esquerda, mas a bola saiu por cima do travessão. Na outra o goleiro grego se esticou todo e evitou o gol com o braço esquerdo.

O Basel respondeu com Arthur Cabral aos três minutos, mas a cabeçada saiu à direita do gol. O Shakhtar trabalhava a bola no campo ofensivo, até que o time suíço conseguiu levar perigo em jogada individual de Pululu, que aos 11 livrou-se da marcação de dois jogadores e chutou cruzado, mas a bola correu pela pequena área e saiu pela linha de fundo.

O Shakhtar ampliou a vantagem aos 22 minutos, com Taison. O segundo gol saiu após um erro de Van der Werff no meio de campo que armou o contra-ataque dos ucranianos. O time avançou pela ponta esquerda e trocou passes até chegar no camisa 7, que usou o pé esquerdo para fazer 2 a 0. A bola ainda desviou em Frei antes de cruzar a linha. 

Aos 39 minutos, outro brasileiro quase deixou o dele. Marcos Antonio arriscou de fora da área, chutou colocado e a bola explodiu na junção da trave com o travessão.

O time ucraniano diminuiu o ritmo no segundo tempo. O VAR foi acionado duas vezes em lances de pênalti a favor do Basel dentro da área, mas em ambas as oportunidades nada foi marcado.

Aos 20 minutos, Arthur Cabral levou a melhor sobre a defesa do Shakhtar e tentou encobrir o goleiro, mas o chute saiu torto e passou à direita, longe do gol.

Apesar da maior presença ofensiva, o Basel não conseguiu diminuir e ainda tomou mais um gol. Aos 29 minutos, Marchand calçou Taison dentro da área, a arbitragem confirmou o pênalti. Alan Patrick usou o pé direito para deslocar o goleiro e fazer o terceiro gol do Shakhtar Donetsk.

Ainda deu tempo do Shakhtar transformar a vitória em goleada. Tudo começou em jogada de velocidade puxada por Tetê desde o meio de campo. Ele havia entrado em campo três minutos antes, tocou para o lateral Dodô e ele mandou a bola na rede e transformou a vitória em goleada.

Nos acréscimos o Basel descontou com Van Wolfswinkel, que havia entrado no segundo tempo. Ele bateu de canhota e acertou o canto esquerdo de Pyatov.

O que vem por aí

Com este resultado, a equipe ucraniana avançou para a semifinal do torneio. O próximo adversário é a Inter de Milão, que venceu o Bayer Leverkusen por 2 a 1, com gols de Barella e Lukaku. A outra vaga na decisão sai entre Manchester United e Sevilla.

VAVEL Logo