Tottenham anuncia contratação do volante Højbjerg, ex-Southampton: "Sinto-me sortudo"
Foto: Divulgação Tottenham Hotspur FC

O Tottenham Hotspur já tem seu primeiro reforço para a temporada 2020/21. Anunciado nesta terça-feira (11), Pierre-Emile Højbjerg, de 25 anos, assina contrato com os Spurs até 2025, em transferência que custou 15 milhões de libras ao time de José Mourinho.

Revelado pelo Bayern de Munique, o volante dinamarquês chega com status de titular para suprir a posição antes ocupada por Eric Dier, que foi recuado taticamente para a zaga. Ex-Capitão do Southampton, Højbjerg fala ao site dos Spurs sobre sua felicidade em chegar ao novo clube.

"Me sinto orgulhoso, animado por estar aqui. Eu só quero ir, conhecer todo mundo e jogar futebol", disse Højbjerg antes de assinar o contrato.

"Gosto de trazer energia, trazer vitórias. Eu amo ser o melhor jogador da equipe e gosto de fazer as pessoas conseguirem atingir o seu melhor. É importante você estar ciente do seu papel, de quem está jogando contigo e quem vai te cobrar também", ressalta o jogador.

Carreira

Considerado um meio-campista promissor desde cedo, Højbjerg passou pelas divisões de base do BK Skjold/DIN, antes de se transferir ao Copenhagen. Ainda juvenil, foi ao Brondby e com apenas 17 anos foi integrado ao time B do Bayern de Munique, em meados de 2012.

No Bayern foram três anos na equipe, antes de ser negociado com o Augsburg e depois o Schalke 04. Recomprado pelos Bávaros, em 2016 se transferiu em definitivo para o Southampton, onde jogou por 134 vezes e nos dois últimos anos foi capitão do time.

Desde a categoria sub-16, Højbjerg é jogador da seleção dinamarquesa. Há seis anos integra o grupo principal, e esteve no elenco que foi à Russia em 2018. São 33 jogos oficiais por seu país natal.

Spurs

Recém completado 25 anos, Højbjerg pode ser considerado uma mistura de juventude e experiência. Falando como novo jogador do Tottenham, o dinamarquês destaca: "Para mim é claro que os Spurs são grande, o time é fantástico, o treinador é incrível. Eu quero ser o melhor e me vejo aqui por muitos anos".

Simpático em sua entrevista, Højbjerg disse que gosta de ser chamado de "Pierre", seu nome inicial, e que sonha em ver a torcida de volta aos estádios para ver seu trabalho. "Foi uma das primeiras coisas que disse à minha esposa, quando os fãs forem autorizados à voltarem para os estádios, quero ser o primeiro a pisar naquele gramado e sentir isso, sei que é irreal a sensação", finaliza o volante.

A contratação de Højbjerg é um pedido particular de Mourinho, que vê no jogador, a versatilidade tática. Fluente em inglês, alemão e dinamarquês, o jogador faz questão de ressaltar sua intelectualidade fora das quatro linhas, tornando-se um potencial medalhão para o futuro em Londres.

VAVEL Logo