Parejo e Coquelin deixam Valencia e assinam com Villarreal
Foto: Divulgação/Villarreal

Nesta quarta-feira (12) pela manhã, o Villarreal anunciou mais duas novas contratações vindas do mesmo clube para a temporada 2020-21. Tratam-se de Parejo e Coquelin, ambos ex-Valencia que agora ingressam na equipe do também recém-contratado, o técnico Unai Emery, por € 13 milhões (cerca de R$ 83 milhões). 

Em crise administrativa, o Valencia está disposto a vender jogadores renomados e importantes do seu plantel comandado por Gonçalo Guedes. A barca de jogadores a sair pode ser grande nos domínios do Estádio Mestalla

Dani Parejo, meio-campista de 31 anos assinou com o Submarino amarelo por quatro anos, até Junho da temporada 2023-24. Pelo Valencia, o espanhol em tem 383 partidas, nos quais marcou 63 gols e cedeu 62 assistências. 

Anteriormente, o atleta também atuou por Getafe, Real Madrid e Queens Park Rangers, além de ter apenas quatro jogos oficiais pela Seleção Espanhola.

Francis Coquelin, também meio-campista, vai vestir a camisa Amarilla até o ano de 2024, onde o contrato se encerra no mês de Junho após quatro anos. Francês de 29 anos, esteve no Arsenal ainda jovem, sendo emprestado a clubes como Lorient, Friburgo e Charlton até se juntar ao Valencia em 2019, onde fez apenas 1 gol em 89 jogos.  

O Villarreal já tem quatro novos reforços para a temporada 2020-21 que se inicia daqui há 3 semanas, contra o Leganés em amistoso. São eles, o técnico Unai Emery, o japonês emprestado pelo Real, Kubo, e os dois atletas que vieram do rival Valencia, Parejo e Coquelin, e vão disputar a Europa League na próxima temporada. 

VAVEL Logo