Sob desconfiança, Barcelona desafia Bayern por vaga às semis da Champions
Foto: Divulgação/Uefa

Esta sexta-feira (14) registra o único confronto entre duas equipes que já foram campeãs a partir da volta do futebol europeu após a pandemia do coronavírus válido pela Uefa Champions League. No Estádio da Luz, Barcelona e Bayern se enfrentam em duelo único válido pelas quartas de final. A partida começa às 16h. 

As duas equipes chegam em situações completamente diferentes em dois aspectos muito distintos. Enquanto o Barcelona chega pressionado, mas com ritmo de jogo, o Bayern aparece cheio de confiança, mas ainda sem se acostumar a duelar frequentemente.

Culés pressionados

Vice-campeão nacional, o Barcelona de Quique Setién teve uma atribulada reta final de LaLiga. Além da sempre conturbada situação de perder o título local para o arquirrival Real Madrid, os culés tiveram atuações muito apagadas. Até mesmo Lionel Messi, quase sempre pouco afeito a entrevistas e ainda mais a palavras fortes, reclamou de diretores, elenco e técnico. 

Na Champions League, o Barcelona foi líder do Grupo F, à frente de Borussia Dortmund, Internazionale e Slavia Praga. Nas oitavas de final, o eliminado foi o Napoli - o Barça venceu o jogo de volta por 3 a 1.

Em entrevista coletiva, Nelson Semedo, lateral-direito culé, falou sobre a partida - sem muita convicção. "Mais do que qualquer coisa, vamos nos concentrar em nós mesmos e em fazer o melhor desempenho possível e marcar. Se jogarmos bem, teremos a chance de chegar às semifinais. Não poderemos ter a bola o tempo todo, pois eles não vão querer defender o tempo todo. Temos que ter a bola o máximo possível porque essa é a melhor maneira de defender. Vamos jogar o nosso jogo com nosso estilo", destacou.

Provável escalação: Ter Stegen; Semedo, Piqué, Lenglet, Alba; De Jong, Busquets, Vidal, Sergi Roberto (Griezmann); Lionel Messi, Suárez.

Bávaros em alta

Mais do que campeões da temporada 2019-20 da Bundesliga, o Bayern conquistou o octacampeonato de direito (ou seja, o oitavo título consecutivo) da competição. No começo de julho, a equipe fez a dobradinha ao ganhar a DFB-Pokal (Copa da Alemanha) da temporada ante o Bayer Leverkusen

Os alemães foram os líderes do Grupo B, à frente de Tottenham, Olympiacos e Estrela Vermelha. Nas oitavas de final, quem foi despachado pelos bávaros foi o Chelsea: 3 a 0 em Londres, e 4 a 1 em Munique.

Ao ser perguntado sobre a influência do argentino no adversário, Hansi Flick, técnico da equipe, fez questão de valorizar o coletivo catalão.

"Não é o Bayern contra o Messi, é contra o Barcelona. Claro que ele é um jogador de classe mundial e pensamos em como jogar contra ele. Mas temos que estar juntos como uma equipe e jogar de forma inteligente. Temos que colocar pressão sobre ele e vencer os duelos no um contra um", destacou. Hansi.

Provável escalação: Neuer; Kimmich, Boateng, Alaba, Davies; Thiago, Goretzka; Coman, Müller, Gnabry; Lewandowski.

Arbitragem

Árbitro: Damir Skomina (ESN)

Assistentes: Jure Praprotnik (ESN) e Robert Vukan (ESN)

VAR: Massimiliano Irrati (ITA)

VAVEL Logo