Após estrondosa goleada, Barcelona confirma demissão do técnico Quique Setién
Foto: Divulgação/Barcelona

Após sete meses no comando técnico, chegou ao fim a passagem de Quique Setién no Barcelona. O clube anunciou a decisão neste domingo (16), dois dias após o vexame sofrido na derrota por 8 a 2 diante do Bayern de Munique, em jogo único válido pelas quartas de final da Uefa Champions League.

Setién foi contratado em janeiro de 2020 para substituir Ernesto Valverde, que foi demitido por causa de maus resultados. O problema, entretanto, não foi resolvido. A equipe, na maioria dos jogos, apresentou futebol pouco convincente em campo e se despediu da temporada 2019-20 sem título conquistado.

Os catalães caíram nas quartas de final da Copa do Rei, em fevereiro, após derrota por 1 a 0 para o atual finalista da competição, o Athletic Bilbao, e em LaLiga ficaram com o vice-campeonato, cinco pontos atrás do campeão Real Madrid. Por fim, na Champions League, foram eliminados nas quartas de final ao sofrer goleada histórica por 8 a 2 para o Bayern de Munique.

O treinador de 61 anos comandou o Barcelona em 25 jogos, distribuídos em 16 vitórias, quatro empates e cinco derrotas. A demissão de Setién é uma das medidas drásticas que o presidente Josep Maria Bartomeu prometeu tomar para que o clube não passe por outro vexame na próxima temporada.

VAVEL Logo