Lopetegui
comemora classificação do Sevilla à final da Europa League: "Nos enche de
orgulho"
Foto: Divulgação/Sevilla

Rumo à final! O Sevilla está confirmado na grande decisão da Europa League. Os espanhóis enfrentaram o Manchester United neste domingo (16), no RheinEnergieStadion, em Colônia, em jogo único válido pelas semifinais da competição europeia. A equipe saiu em desvantagem, com pênalti convertido por Bruno Fernandes para os Red Devils, mas Suso fez o gol de empate e Luuk de Jong virou a partida. Sendo assim, 2 a 1 no placar.

Em entrevista após o confronto, o técnico Julen Lopetegui valorizou a classificação: “Viemos com a ideia de poder jogar primeiro, mas com a ilusão e a ambição de chegar às eliminatórias seguintes; felizmente tem sido assim. É hora de descansar e se preparar para a final que os meninos tanto mereceram.”

O espanhol aproveitou para elogiar o time adversário, que ofereceu muitas dificuldades durante a partida: “Para mim, jogamos contra o melhor time inglês no momento, que não perdia desde janeiro e que trouxe de volta jogadores fantásticos ao encontrar um bom caminho. Nós sabíamos da dificuldade e fomos superados em vários momentos, mas a equipe foi sustentada por crer e querer. Há momentos em que, onde as situações não vêm, o coração vem e a equipe tem, e foi reconstruído para ir ao jogo.”

Lopetegui também lembrou dos sevillistas e reitera orgulho por conseguir dar alegria aos torcedores.

“Não se pode jogar estas partidas sem público. Todos brincam com os sevillistas em casa, que sofrem e gritam com paixão e ilusão. Nós sentimos essa energia e estamos felizes pelas crianças e pelos fãs. Estamos conscientes desta felicidade e estamos muito felizes com ela, ainda mais porque sabemos que há pessimismo na sociedade no momento. Temos orgulho de poder dar esta felicidade aos nossos torcedores e agora temos que trabalhar para que se torne completa.”

Fala, Koundé!

O zagueiro Koundé analisou a partida e enfatizou o trabalho em equipe: “Muita alegria por estar em uma nova final. Sabemos que é muito especial e nada foi fácil. Tivemos muito trabalho, concedemos mais chances do que o normal, mas Bono fez um ótimo trabalho. Todos nós trabalhamos duro para vencer este jogo. Temos uma equipe muito boa e sempre acreditamos que poderíamos estar neste nível. Agora temos que ganhar para conseguir o título.”

Banega com a palavra

O meia Banega comemorou a classificação, valorizou o tempo de convivência com outros jogadores, e por fim, comentou sobre o jogo.

“Estou muito feliz. Satisfeito com a maneira como estamos indo todos juntos e estamos a apenas um passo do título. Ainda há muito que fazer, mas o sentimento desta equipe, a forma como trabalhamos, os dias que passamos juntos, a união que existe, isso nos torna mais fortes e se reflete no campo.”

“É muito difícil jogar contra um grande clube, que tem jogadores jovens e que jogam muito bem. No início, eles conseguiram manejar a partida, mas a equipe soube superar com tranquilidade e experiência; nós viramos. Todo jogo é difícil e temos que sofrer, mas sempre esperamos por nossa oportunidade. O time joga bom futebol, e quando não pode, trabalha como louco. Não é todo dia que se chega a uma final, então parabéns a todos e esperamos fazer da melhor maneira", finalizou.

José Castro também celebra

Por fim, o presidente José Castro comentou suas expectativas para a final.

“Posso imaginar como são as casas, bares e clubes e onde estão os sevillistas, a desfrutar de uma vitória tão difícil contra um rival que triplica nosso pressuposto. Isso é futebol. Sevilla está nesta decisão de tentar alcançar tudo e com esta fé, gana, ilusão e companheirismo estamos muito mais próximos. Chegamos à final na qual é possível obter prata. Espero que possamos levá-la para Sevilla, o que seria um feito enorme.”

O mandatário complementou: “No Sevilla, desde o primeiro funcionário até o último jogador, todos trabalhamos com a mesma finalidade. Eu me sinto tremendamente orgulhoso de ter colaborado em qualquer coisa para que todos olhemos na mesma direção. A única maneira de alcançar triunfos tão complicados é usar nossas melhores armas e ter uma união entre todos nós. Nunca devemos perder isso para que possamos continuar a lutar por coisas cada vez mais interessantes.”

Com a classificação em mãos, o Sevilla busca faturar o sexto título da competição europeia. A última conquista foi na temporada 2015-16. Os rojiblancos aguardam o confronto entre Inter de Milão e Shakhtar Donetsk para definir o próximo adversário.

A final da Europa League 2019-20 será realizada na próxima sexta-feira (21), no RheinEnergieStadion, às 16h.

VAVEL Logo