Lyon x Bayern de Munique: características de ambos à prova em busca da final de Champions
Arte: Divulgação / FC Bayern

Chegou o dia de conhecer quem será o segundo finalista da Champions League 2019-20. Depois do PSG eliminar o RB Leipzig, é a vez de Lyon e Bayern de Munique disputarem a outra vaga na decisão de domingo (23). Franceses e alemães entram em campo, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, às 16h desta quarta-feira (19) para jogo único e colocarem à prova suas características.

Você acompanha todas as informações do jogo e também os lances AO VIVO em tempo real aqui, na VAVEL Brasil.

Coletividade do Lyon em xeque junto com a vontade de fazer história

Depois de começar mal a temporada sob comando do técnico brasileiro Sylvinho, o Lyon foi atrás do francês Rudi Garcia, que rapidamente deu liga à equipe. Talvez, o mais badalado do time seja o atacante holandês Memphis Depay, porém quem dita o ritmo do meio-campo é o francês Aouar e também o brasileiro Bruno Guimarães. Ou seja, é nítida a diferença de investimento entre os dois clubes da França — comparando com o finalista PSG. Isso não faz com que o OL fique muito para trás dos parisienses, pois sabemos que futebol é um esporte coletivo, e essa coletividade dita a regra no clube em que Juninho Pernambucano é ídolo.

"Eu joguei esta competição por oito anos e nunca consegui o que esses jogadores conseguiram. É enorme! Precisamos manter o ritmo para quarta-feira", disse Juninho, ex-jogador e hoje gestor do clube.

O Lyon volta às semifinais da Liga dos Campeões após dez anos e está entre os quatro melhores da competição pela segunda vez. Na temporada 2009-10, foi eliminado justamente pelo mesmo Bayern. Mas, na entrevista às vésperas do confronto semifinalista, o técnico Rudi Garcia contou que a vontade do clube em vencer a Champions pela primeira vez na história cresce a cada momento. E para chegar à final quer ser novamente a "zebra" do confronto:

"Nosso apetite vai crescendo enquanto comemos. Acredito que o nível de confiança desse time só aumenta, nossos resultados mostram isso, mas é claro que seremos azarões contra o Bayern de Munique. Vamos ter que conquistar mais um resultado chocante, assim como fizemos contra a Juventus e contra o Manchester City. Se chegarmos à final, vai ser muito merecido."

Provável escalação do Lyon: Lopes; Denayer, Marcelo e Marçal; Dubois, Bruno Guimarães, Caqueret, Aouar e Cornet; Depay, Ekambi (Dembélé). Técnico: Rudi Garcia.

Favoritismo não ganha jogo, mas deixa claro quem está melhor

Ninguém jamais goleou o Barcelona numa quartas de final de Champions por 8 a 2. Aliás, o Bayern de Munique detém esse feito, visto na semana passada. A evolução que os bávaros tiveram desde a saída do treinador croata Niko Kovac e efetivação do auxiliar Hansi Flick é enorme. Com os títulos da Bundesliga e Copa da Alemanha na conta de 2019-20, o Bayern corre atrás de sua tríplice coroa com um plantel entrosado.

Na melhor fase de sua carreira, o atacante polonês Lewandowski é a cereja do bolo colorado, porém ele não está sozinho. Müller é seu melhor parceiro e conhecedor profundo das raízes do time. Entretanto, o sistema defensivo com o lateral canadense Davies junto ao volante alemão Kimmich briga com os caras do ataque para ser o ponto-chave da equipe. Isso expõe o equilíbrio.

"Estou muito impressionado com a equipe. Temos um ambiente muito bom e uma qualidade enorme. Estou relaxado porque sei que a equipe está muito focada e tem grandes objetivos. Temos de jogar como fizemos contra o Barcelona. Qualquer coisa abaixo de 100% não será suficiente. Analisamos o Lyon e sabemos da sua qualidade. Têm uma defesa boa e compacta. Mas também têm muita qualidade no ataque. Queremos chegar à final e por isso queremos vencer o Lyon — sabendo que não será fácil", analisou o técnico Hansi Flick.

Provável escalação do Bayern: Neuer; Kimmich, Boateng, Alaba e Davies; Goretzka, Thiago Alcântara, Gnabry, Perisič e Müller; Lewandowski. Técnico: Hansi Flick.


Agora, resta saber qual das duas características vai se sobressair e chegar à finalíssima desta edição diante do badalado Paris Saint-Germain, às 16h do próximo domingo (23), no Estádio da Luz, em Lisboa.

VAVEL Logo