Lyon perde chances, Bayern se impõe e decide Champions League contra PSG
Foto: Divulgação / Bayern

Único campeão da Champions League vivo na disputa pelo título, o Bayern de Munique segue firme na luta pela sexta conquista. O time alemão venceu o Lyon por 3 a 0 nesta quarta-feira (19) no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

O adversário do Bayern na decisão é o PSG, que nesta semana eliminou o também alemão RB Leipzig. O time de Paris busca o troféu inédito do torneio interclubes mais importante da Europa.

Os alemães conquistaram a décima vitória consecutiva com dois gols de Gnabry e outro de Lewandowski. Apesar do placar elástico, o jogo começou complicado para o Bayern. A superioridade foi construída aos poucos e pode ser traduzida pelo número de finalizações: 20 contra oito.

O Lyon foi melhor no início, explorando as costas dos laterais e a transição lenta do rival. Logo aos três minutos Depay teve a chance de abrir o placar, quando ficou cara a cara com Neuer, mas o goleiro fechou bem o ângulo e o chute do holandês bateu na rede pelo lado de fora. Na sequência o Lyon assustou de novo, desta vez com Ekambi, mas a bola explodiu na trave.

A história da semifinal mudou aos 17 minutos, após uma jogada individual de Gnabry pela ponta direita. Mesmo cercado pela defesa do Lyon, o alemão controlou a bola e abriu espaço até chutar de canhota para fazer o primeiro gol em Lisboa. 

O gol freou o ímpeto do Lyon e a partir daí Muller e Gnabry tiveram mais duas chances antes do Bayern ampliar a vantagem. No lance, Perisic apareceu pela direita e cruzou para Lewandowski, que finalizou mas o goleiro Lopes salvou em cima da linha, mas não segurou o rebote e a bola caiu nos pés do camisa 22, que empurrou para fazer 2 a 0. Este foi o nono gol dele em nove jogos na Champions League, vice-artilheiro da equipe no torneio, atrás apenas de Lewandowski.

O primeiro tempo terminou com vitória parcial do Bayern por 2 a 0 e o time alemão voltou do intervalo com Niklas Süle na vaga de Boateng. Já Rudi Garcia trocou um brasileiro pelo outro, sacando Bruno Guimarães para a entrada de Thiago Mendes. 

O campeão alemão diminuiu o ritmo na etapa final, mas ainda assim criou chances com Perisic. O Lyon tentou diminuir em jogada de bola parada, mas a cabeçada de Marcelo foi no meio do gol e facilitou a defesa de Neuer. Ele ainda se destacou mais uma vez aos 12 minutos após defender um chute de Ekambi em jogada de Aouar que deixou Süle no chão e então o goleiro alemão cresceu e evitou o gol com a perna direita.

Enquanto isso, o técnico do Lyon mexeu no ataque, lançando Dembélé, herói da classificação para a semifinal. No lado bávaro, Hans-Dieter Flick percebeu que o Bayern estava administrando a vitória e tentou dar um gás na partida colocando em campo Coutinho, Pavard e Tolisso.

O brasileiro balançou a rede cinco minutos após entrar em campo, mas como a bola bateu no impedido Thomas Muller a arbitragem anulou o lance.

Quando o placar parecia definido, Kimmich alçou a bola na área e Lewandowski infiltrou-se no meio da zaga para cabecear e chegar ao 15º gol dele na Champions League, somando 55 na temporada.

Final marcado

Classificado, o Bayern busca o sexto troféu da história na Champions League contra o PSG, que jamais conquistou o torneio mais importante da Europa. O campeão sai no domingo (23), às 16h, no Estádio da Luz, em Lisboa. 

VAVEL Logo