Wolfsburg confirma favoritismo sobre Glasgow City e avança às semis da Champions League Feminina
Foto: Divulgação/ Wolfsburg Frauen

Wolfsburg Glasgow City se enfrentaram nesta sexta-feira (21) pelas quartas de final da UEFA Women's Champions League. Em um Estádio Anoeta vazio, as escocesas tentaram fazer o jogo da vida delas, já que a maior ambição do time era, primeiramente, avançar às quartas de final. Já do outro lado, as alemãs entraram para confirmar seu favoritismo, não só para o jogo, mas para o título. 

E deu o esperado. O Wolfsburg goleou o Glasgow City pelo placar de 9 a 1, com grandes atuações de Pernille Harder, que marcou quatro vezes, e Engen, que marcou dois.

Estratégias

O Glasgow foi a campo com um  4-3-3 reformulado: apesar da presença de jogadoras que chegaram ao clube ainda durante a paralisação por conta da pandemia, as principais armas da equipe estavam à disposição. A goleira Lee Alexander, salvadora de três pênaltis contra as dinamarquesas do Brøndby nas oitavas, trabalhou com uma dupla de zaga completamente nova, já que  Janine van Wyk e Zaneta Wyne chegaram durante a pandemia. Vale lembrar que o Glasgow só tinha jogado um jogo oficial em 2020, já que seu campeonato nacional começa e termina no mesmo ano. Além do grande tempo sem jogos, o Campeonato Escocês tem o nível competitivo muito abaixo da Frauen Bundesliga, fazendo com que as escocesas  moldem seu estilo de jogo de acordo com o do rival.

Já o Wolfsburg veio com força máxima, além da chegada dos reforços durante a parada. As alemãs foram a campo com um 4-2-3-1, com  a vantagem de seu campeonato ter voltado pós pandemia. Além do elenco mais completo e mais sequência de jogos, as Lobas também eram as mais experientes como time, já que as novas peças não entraram jogando. 

O domínio absoluto do Wolfsburg

A principal característica do Wolfsburg é seu vício na posse de bola. Se defende e ataca tendo como prioridade tomar as ações da partida. Essa característica prevaleceu desde o começo do jogo, mas teve maior incidência na etapa inicial. 

Além dos 81%, o Wolfsburg conseguiu finalizar 14 vezes, acertando cinco delas no gol. O Glasgow, que não conseguia sair de seu campo de defesa, foi ter sua única finalização aos 40 minutos, com Lauren Wade. 

O domínio das lobas começou a dar resultado aos 15 minutos, com o primeiro gol de Pernille Harden. Logo depois, aos 19, Engen marcou o seu. Ainda deu tempo da dupla marcar mais dois no primeiro tempo: aos 45', a norueguesa marcou o terceiro das alviverdes e aos 47 foi a vez de Harden. 

O segundo tempo teve um pouco mais de emoção do que o primeiro. Apesar do Wolfsburg melhorar os números do primeiro tempo, o  Glasgow também conseguiu chegar mais na segunda etapa. As escocesas finalizaram quatro vezes, acertando uma no alvo. Do outro lado, o time de Stephan Lerch conseguiu chutar 15 vezes, sendo que cinco deles foram em direção ao gol. 

A grande candidata ao prêmio de melhor jogadora do mundo no final da temporada, Pernille Harden deixou o seu terceiro e o quinto do time alemão aos 56'. Já aos 63', Lauren Wade conseguiu marcar o gol de honra da equipe escocesa. O que poderia dar uma última esperança deu ainda mais gás as alemãs. 

Poucos minutos depois de entrar, aos 66, Felicitas Rauch ampliou o placar para 6 a 1 e Harden marcou seu quarto gol cinco minutos depois. Quando tudo já se encaminhava para a classificação das alemãe, veio dois erros das escocesas. Aos 79, Leanne Ross marcou contra e aos 94  Jenna Clark marcou mais um contra, completando o placar de 9 a 1. 

Semifinal definida

Do outro lado da chave, o Barcelona teve mais dificuldades, mas venceu o Atlético de Madrid por 1 a 0, com um gol de Kheira Hamraoui. Wolfsburg e Barcelona se enfrentam por uma vaga na final na terça-feira (25), às 15h, no horário de Brasília.

VAVEL Logo