Vale vaga na final! Wolfsburg e Barcelona abrem semifinais da Women's Champions League
Foto: Divulgação/Uefa

Falta pouco para Wolfsburg e Barcelona realizarem o sonho de disputar a final da UEFA Women's Champions League. As equipes se enfrentam pela semifinal da competição, em jogo único, nesta terça-feira (25), às 15h (de Brasília), no Estádio Anoeta, em San Sebastián.

Na temporada 2013-14, as Lobas triunfaram sobre as Culés, nos dois jogos das quartas de final. Zsanett Jakabfi, Alex Popp, Lena Goessling e Anna Blässe estavam presentes neste embate pelo lado alemão,enquanto  Alexia Putellas, Marta Torrejón e Melanie Serrano para as Catalãs. 

Wolfsburg

Foto: Divulgação/Wolfsburg   

O Wolfsburg não teve piedade ao massacrar o  Glasgow City, por 9 a 1, que por sinal, é a equipe que mais marcou gols em toda a competição: 31, sendo Harder a maior goleadora, com nove.

O técnico Stephan Lerch pontua que todas as suas jogadoras estão em forma. Por outro lado, reconhece as qualidades do Barcelona, entre elas a posse de bola, uma das mesmas características do time saxão.

"[...] todos as jogadoras estão em forma. Acho que usamos o tempo muito bem e conseguimos relaxar. Você pode sentir a emoção e expectativa para amanhã. O Barcelona é uma equipa tecnicamente hábil e muito forte em todas as posições. O Barça joga um futebol dominante e orientado para a posse de bola - será emocionante ver quem terá mais posse de bola. Quem está com a bola sempre tem oportunidade de fazer um gol. É preciso ressaltar a ofensiva do adversário, principalmente do quarteto Oshoala, Martens, Hermoso e Hansen: Isso já é de alto nível europeu. Nossa análise baseou-se nas quartas de final, mas também comparamos essas impressões com as informações que coletamos em fevereiro. O Barcelona é uma equipe que tem um DNA que não muda muito". 

Sobre o alinhamento do Wolfsburg, Lerch revela que a posse de bola é uma aliada, mas é necessário saber defender e impedir o avanço das adversárias.

"Além de termos posse de bola, temos de trabalhar muito bem na defensiva, estar compactos e manter a ordem. O importante é que nos ajudemos e não permitamos que a ofensiva do Barcelona se desenvolva. Não seremos capazes de desligá-los completamente, mas juntos queremos mantê-los sob controle. O objetivo deve ser estressar e ocupar o oponente repetidas vezes". 

Provável escalação: Abt; Doorsoun-Khajeh, Hendrich, Goessling, Wedemeyer; Popp, Engen; Rolfö, Harder, Huth; Pajor

Barcelona

Foto: Divulgação/Barcelona   

O Barcelona precisou batalhar para vencer o Atlético de Madrid. A vitória de 1 a 0 só foi garantida no final da partida. Visando chegar em sua segunda final consecutiva, as Culés estão invictas na Champions. Foram seis vitórias, com 13 gols a favor e apenas dois contra.

Lluís Cortés realça a evolução do Barça. Segundo ele, o nível de suas comandadas é o mesmo das Lobas.

"O futebol está demonstrado que tudo pode acontecer e , portanto, não podemos dizer que existe um claro favorito. Aos poucos, a distância entre Wolfsburg e Barça foi diminuindo e agora estamos prontos. A equipe encara o jogo com grande entusiasmo e motivação extra por saber que, se vencermos, regressaremos à final da Champions League. Vai ser um jogo complicado, mas vamos lutar a partir do primeiro minuto".

O treinador destacou o perigo dos contra-ataques das alemãs, no qual, o Barça irá precisar de equilíbrio para evitar surpresas.

"Eles têm jogadoras rápidas, muito perigosas no contra-ataque. Teremos que estar vigilantes e bem posicionados para evitar que, na próxima transição, nos ganhem campo”, comentou, além de acrescentar: "Será importante, na hora de construir ataques, que jogamos com muito equilíbrio".

Provável escalação: Paños; Torrejón, Pereira, María León, Ouahabi; Martens, Hamraoui, Alexia, Graham Hansen; Hermoso, Oshoala

Arbitragem

Katalin Kulcsár (HUN) é a dona do apito, auxiliada por Sara Telek (AUT) e Paulina Baranowska (POL). Kateryna Monzul (UKR) é a quarta árbitra.

VAVEL Logo