Roberto Mancini convoca 37 jogadores para primeiros jogos da Itália na Nations League
Roberto Mancini, técnico da Itália | Foto: Divulgação/FIGC

A Itália está com seus jogadores prontos para suas duas primeiras partidas na Uefa Nations League. Os jogos serão disputados nos dias 4 e 7 de setembro contra Bósnia e Herzegovina e Países Baixos, respectivamente. O técnico Roberto Mancini convocou 37 atletas para a disputa dos confrontos diante das duas seleções europeias para o torneio. A alta quantidade de convocados se deve a dois fatores: jogadores estarem em um período entre duas temporadas e todo o condicionamento físico, logística e estrutura para dois jogos em quatro dias em meio à pandemia do novo coronavírus.

Em todo o período de dois anos à frente da Squadra Azzurra, foram 67 jogadores testados por Mancini. Com o adiamento da Eurocopa por um ano por causa da pandemia, o intervalo entre competições importantes será menor, mas pode aumentar a possibilidade de novos jogadores serem testados, principalmente aqueles que se destacaram no futebol italiano após a retomada do calcio no último mês de junho. As novidades ficam por conta do retorno do zagueiro Chiellini, da Juventus, enquanto o defensor Bastoni (Internazionale), o meia Locatelli e o atacante Caputo (ambos do Sassuolo) foram convocados pela primeira vez.

Os atletas relacionados se juntam no próximo sábado (29), no Centro Técnico Federal de Coverciano para os testes e primeiras atividades. Os meias Jorginho e Tonali estão na lista, mas aguardam resultados dos últimos testes ao fim do período de isolamento para se juntarem ao grupo. Caso os exames para detectar presença do novo coronavírus apontem presença de anticorpos ou resultado negativo, os jogadores estarão liberados para estarem com o restante do grupo.

A Itália está no Grupo 1 da Liga A na Uefa Nations League, ao lado da Bósnia e Herzegovina, dos Países Baixos e da Polônia. Sua estreia será contra a Bósnia, no dia 4 de setembro, no Estádio Artemio Franchi, em Florença/ITA. No dia 7 de setembro, a Azzurra enfrenta os Países Baixos na Johann Cruijff ArenA, em Amsterdã.

Convocados

Goleiros – Alessio Cragno (Cagliari), Gianluigi Donnarumma (Milan), Alex Meret (Napoli) e Salvatore Sirigu (Torino);

Defensores – Francesco Acerbi (Lazio), Alessandro Bastoni (Internazionale), Cristiano Biraghi (Internazionale), Leonardo Bonucci (Juventus), Mattia Caldara (Atalanta), Giorgio Chiellini (Juventus), Danilo D’Ambrosio (Internazionale), Giovanni Di Lorenzo (Napoli), Alessandro Florenzi (Roma), Gianluca Mancini (Roma), Luca Pellegrini (Juventus) e Leonardo Spinazzola (Roma)

Meio-campistas – Nicolò Barella (Internazionale), Giacomo Bonaventura (Milan), Gaetano Castrovilli (Fiorentina), Bryan Cristante (Roma), Jorginho* (Chelsea), Roberto Gagliardini (Internazionale), Manuel Locatelli (Sassuolo), Lorenzo Pellegrini (Roma), Stefano Sensi (Internazionale), Sandro Tonali* (Brescia) e Nicolò Zaniolo (Roma);

Atacantes – Andrea Belotti (Torino), Federico Bernardeschi (Juventus), Francesco Caputo (Sassuolo), Federico Chiesa (Fiorentina), Stephan El Shaarawy (Shanghai Shenua), Ciro Immobile (Lazio), Lorenzo Insigne (Napoli), Moise Kean (Everton), Kevin Lasagna (Udinese) e Riccardo Orsolini (Bologna).

*Jogadores com convocações suspensas até o fim do isolamento social e testes para presença do novo coronavírus apontarem resultados negativos

VAVEL Logo