Lodeweges avalia vitória magra da Holanda sobre Polônia: "Algumas coisas estão enferrujadas"
Foto: Holanda / Divulgação

A Holanda recebeu a Polônia nesta sexta-feira (4), na Johan Cruyff Arena, pela primeira rodada da Nations League. O confronto terminou com vitória para os donos da casa por 1 a 0.

A estreia de Dwight Lodeweges

O triunfo também marcou a primeira partida de Dwight Lodeweges sob o comando da equipe. O treinador assumiu a seleção depois que Ronald Koeman recebeu proposta do Barcelona para apaziguar a situação do clube.

Após o apito final, Lodeweges não escondeu a alegria de comandar a laranja mecânica e as dificuldades encontradas na etapa inicial

Muito bom, foi uma noite muito divertida. A profundidade do nosso jogo não foi suficiente. Como jogar entre as linhas. No primeiro tempo tivemos problemas com isso, mas depois do intervalo fomos melhores em alguns momentos."

O treinador se diz satisfeito com o resultado apresentado diante da Polônia. No entanto, relembra que a equipe não joga junta desde novembro do ano passado, quando bateu a Estônia por 5 a 0 pelas eliminatórias da Eurocopa.

 "Contra um time que está tão recuado, é difícil jogar futebol. É por isso que estou satisfeito com a vitória por 1-0. Algumas coisas ainda estão enferrujadas, mas não estamos juntos a nove meses também.

Para completar a noite de estreia de Dwight Lodeweges, ao término do jogo, o treinador recebeu uma mensagem de Ronald Koeman elogiando a atuação da seleção e parabenizando Lodeweges pelo trabalho.

Parabéns e um grande segundo tempo”, foi a mensagem de Koeman.

Virgil van Dijk elogia a maturidade e a dedicação da equipe

Na estreia holandesa pela competição, a maior preocupação da seleção neerlandesa seria com o preparo físico de seus convocados. O capitão Van Dijk reconheceu a dificuldade da situação.

Era difícil dizer como estaríamos”, comentou o zagueiro.

Devido a paralisação das ligas em razão da pandemia do Coronavírus, muitas ligas tiveram longos períodos de paralisação e algumas foram encerradas como foi o caso da Eredivise, campeonato que provém jogadores a Holanda.

Apesar da dúvida, Van Dijk disse que a seleção treinou duro durante a semana, mas o placar poderia ter sido maior.

Alguns jogadores tinham pouco ou nenhum minuto jogado. Mas treinamos muito essa semana, especialmente taticamente, e trabalhamos bem. É por isso que esta é uma vitória profissional, jogamos de forma madura e deixamos a bola passar sob pressão. No entanto, poderíamos ter criado um pouco mais de chances e nos recompensado com um gol a mais.

Ao ser perguntado qual a sensação de jogar sem o suporte da torcida, o zagueiro afirmou que está se acostumando, mas espera que os fãs possam voltar em breve.

É um cenário estranho, mas estamos acostumados agora. Espero que os fãs possam voltar ao estádio em breve e trazer de volta a atmosfera.

Hateboer feliz por assistência e Depay animado por jogar 90 minutos

O lateral-direito Hans Hateboer deu a assistência para o gol de Steven Bergwijn e comentou sobre sua volta por cima após a derrota para Portugal na final da Eurocopa, a última partida que havia jogado pela seleção.

"Fiquei feliz por finalmente poder me mostrar novamente pela Holanda. Depois da última vez, pensei que tinha que me reencenar. Foi o que fiz hoje à noite. Essa assistência é boa. E é bom que eu também possa fazer a minha parte em um sistema 4-3-3. Isso definitivamente é ótimo.

Memphis Depay também teve motivos para comemorar, além da vitória o jogador conseguiu permanecer em campo durante toda a partida.

Isso é muito bom. Demorou um pouco para nos acostumarmos a jogar juntos depois de tanto tempo, mas fizemos um bom trabalho. Algumas conexões já eram automáticas, mas outras coisas poderiam ser ainda melhores. Também comigo particularmente, embora eu não deva ser muito crítico, porque estou fora há muito tempo.

Próximo Compromisso

Pela segunda rodada da Nations League, a Holanda enfrentará a Itália na segunda - feira (7), às 15:45, na Johan Cruyff Arena.

VAVEL Logo