Mesmo com vitória sobre Metz, derrota diante do Marseille ainda rende discussões no PSG
Thomas Tuchel falou após PSG x Metz (Paris Saint-Germain/Divulgçaão)

Com muita dificuldade, o Paris Saint-Germain conseguiu vencer o Metz nesta quarta-feira (16), em jogo válido pela quarta rodada da Ligue 1 (Campeonato Francês) 2020-21. Atuando com nove em campo (graças a um atleta expulso e outro contundido após todas as expulsões serem efetuadas, a equipe visitante entregou o 1 a 0 apenas aos 48 minutos do segundo tempo, em tento marcado por Julian Draxler.

Apesar da vitória, um assunto foi quase unânime nas entrevistas após o jogo no Parc des Princes: a derrota para o Olympique Marseille no Le Classique, no último domingo (13). Muitos que falaram com a imprensa após a peleja respingaram no duelo contra o time da Costa Azul.

O próprio Julian Draxler, autor do gol, falou sobre a derrota no último domingo e sobre o tento marcado nesta quarta. 

"A situação estava complicada, por isso era importante vencer esta noite. É difícil, criamos oportunidades. Não estamos 100%, se tivéssemos marcado no primeiro tempo teria sido mais fácil, mas tivemos que trabalhar muito para ganhar", afirmou o alemão.

Marquinhos relatou com palavras semelhantes e aproveitou para elogiar a atuação parisiense.

"Esse gol no final do jogo foi um alívio. Depois de duas derrotas, seria difícil conseguir um empate. Fizemos um bom jogo, criamos muitas oportunidades, conseguimos colocar a bola para cima. Mas frente ao Marselha era preciso concretizar isso no placar", destacou.

Técnico

Thomas Tuchel também passou pela derrota no Le Classique para falar sobre a vitória ante o Metz. Mas fez questão de elogiar a atuação do PSG.

"Mostramos uma mentalidade incrível. É uma vitória merecida depois de um jogo louco. Estou muito orgulhoso. Não foi a mesma qualidade que contra o Marselha, mas ainda assim foi forte", finalizou.

VAVEL Logo