Freiburg
sofre pressão do Stuttgart no fim, mas garante vitória na estreia da
Bundesliga 
Foto: Divulgação/Freiburg

O Stuttgart se esforçou, mas não conseguiu evitar a derrota na estreia da temporada 2020-21 da Bundesliga. O time recém-promovido à primeira divisão enfrentou o Freiburg neste sábado (19), na Mercedes-Benz Arena com presença de 7.123 espectadores, em jogo válido pela primeira rodada. Os visitantes construíram a vantagem de 3 a 0, mas permitiu reação tardia do time da casa. No fim, 3 a 2 no placar.

Petersen, Sallai e Grifo foram os autores dos gols do time da Floresta Negra, enquanto Kalajdzic e Wamangituka descontaram para os suábios. O Freiburg podia ter vencido com cinco gols de vantagem, entretanto os tentos de Höler e Petersen foram anulados por impedimento.

O jogo

A partida começou movimentada e Nils Petersen abriu o placar para o Freiburg aos oito minutos, que aproveitou cruzamento caprichado de Sallai pela direita e cabeceou ao gol. O Stuttgart respondeu aos 15 com finalização perigosa de Wamangituka, mas o zagueiro Heintz salvou em cima da linha.

Aos 26, os visitantes ampliaram com Sallai, em oportunidade que surgiu através de rebote na grande área. A vantagem poderia ser aumentada quatro minutos depois, porém Höler estava impedido.

O Stuttgart, apesar da desvantagem, não fez mau primeiro tempo, contudo foi atrapalhado pelo nervosismo da estreia e a defesa pecou na falta de atenção na marcação, enquanto o ataque desperdiçou as poucas oportunidades criadas.

Na volta do intervalo, o Freiburg fez o terceiro gol com Grifo, que estava livre na área para empurrar a bola para o fundo das redes aos 47. Em seguida, Petersen tentou deixar o segundo tento dele em campo, entretanto foi marcado impedimento.

Aos 51, o experiente Gonzalo Castro, que estava de frente com o gol, isolou a chance e a bola passou no canto direito da trave. O Stuttgart voltou a perder outra oportunidade aos 56, em jogada rápida que começou pela direita e Wamangituka não chegou no momento certo para finalizar a redonda às redes.

O último lance de ataque do Freiburg, antes da reação dos suábios, foi aos 63, no momento que Höler chutou para o gol, mas a defesa do Stuttgart, meio atrapalhada, conseguiu afastar.

O autor do primeiro gol do time da casa entrou na partida aos 65, na vaga de Kaminski. A substituição surtiu efeito e o Kalajdzic descontou aos 71; recebeu passe de Didavi no meio-campo e anotou um golaço de cobertura.

O segundo gol dos suábios veio dez minutos mais tarde e dessa vez Wamangituka não desperdiçou. Mesmo com marcação, o congolês chutou no canto direito da meta defendida por Florian Müller e deu esperança de possível empate para os torcedores presentes no estádio.

O Stuttgart tentou, mas não conseguiu buscar a surpreendente igualdade. Aos 95, no último lance do jogo, o goleiro Müller precisou fazer grande defesa em chute venenoso de Klement. O técnico Christian Streich, aliviado com o final da partida, comemorou demais o resultado.

Próximos compromissos

Em busca de recuperação, o Stuttgart enfrentará o Mainz fora de casa no próximo sábado (26), às 10h30, enquanto o Freiburg recebe o visitante Wolfsburg no domingo (27), às 13h.

VAVEL Logo