Com falha de Lindelof, Crystal Palace bate Manchester United pela Premier League
Foto: Divulgação/Crystal Palace

No último sábado (19), o Manchester United fez seu primeiro jogo pela Premier League de 2020-21. Na segunda rodada, os Red Devils receberam o Crystal Palace e foram superados por Zaha e companhia.

No Old Trafford, Townsend abriu o placar, Zaha ampliou para 2 a 0, mas Van de Beek descontou. Porém, no fim Zaha mais uma vez marcou e fez o 3 a 1 final da partida.

Estratégias

O Manchester United veio para a partida com um 4-2-3-1 armado por Solskjaer para ter um meio de campo forte. Fosu-Mensah, Lindelof, Maguire e Shaw formaram a linha de defesa, com o meio de campo tendo McTominay e Pogba vindo de trás.

A linha de três era formada por Daniel James na direita, Bruno Fernandes, grande destaque técnico da equipe no meio e Rashford na esquerda. No ataque estava Martial.

Já o Crystal Palace foi armado por Roy Hodgson com duas linhas de quatro para segurar o United, além de dois atacantes na frente do time. A primeira linha era formada por Ward, Kouyaté, Sakho e Mitchell.

A segunda tinha Townsend, McArthur, McCarthy e Schlupp. No ataque, Zaha era a esperança de jogadas, principalmente de velocidade, com Ayew ao seu lado.

Facilmente superado

E aos seis minutos, a primeira jogada de perigo saiu em gol. Mitchell recebeu na esquerda e lançou Schlupp na esquerda. Lindelof tentou pressionar, mas ele passou pelo defensor, sem problema algum. Schlupp invadiu a área e cruzou pro meio, onde estava Townsend, que bateu pro gol, no canto esquerdo de De Gea, que nada pode fazer!

O gol mexeu com o United, que tentou pressionar a partir disso, mantendo a posse de bola. Mas mesmo assim, as saídas de jogo dos Red Devils não conseguiam ser efetivas.

A primeira chance do United foi um chute de longe de Pogba, que foi no canto direito de Guaita, que ficou com a bola sem problemas. Aos 25, Bruno Fernandes roubou uma bola na saída do Crystal Palace e soltou o pé, com desvio, nas mãos de Guaita.

Aos 40 minutos, a pressão dos Red Devils era grande, mas sem perigo algum para o Cystal Palace. Em um lance revisado pelo VAR, Pogba foi solado na área e até perdeu a chuteira, mas o pênalti não foi dado.

Já nos acréscimos da primeira etapa, Ayew recebeu na esquerda, tirou McTominay com um belo drible de corpo e bateu forte pro gol, mas De Gea espalmou a bola por cima das traves!

O Manchester United teve a bola por quase todo o primeiro tempo. Com 74% de posse, os Red Devils tentaram controlar o jogo, mas quem mais foi efetivo foi o Crystal Palace, com seus 26% de posse de bola.

Para o começo da segunda etapa, Solskjaer tirou James e colocou Greenwood, com a tentativa de mudar a falta de efetividade no ataque.

A primeira jogada de perigo da segunda etapa foi do Crystal Palace. Em um erro de saída de jogo do United, Ayew recebeu na frente, tirou Shaw e bateu de fora da área, nas mãos de De Gea. Aos cinco minutos, Pogba tirou a marcação e bateu de fora, mas nas mãos de Guaita.

Em mais uma jogada na área, Townsend recebeu n meio, dominou, foi limpando para a esquerda e bateu travado, perdendo a chances de ampliar o placar aos oito minutos!

Em mais uma jogada de contra-ataque, Ayew foi lançado na área, dominou, olhou e bateu forte pro gol, mas já estava impedido. Logo após esse susto, Solskjaer tirou Pogba e colocou Van de Beek, para aumentar o controle da partida.

Aos 23 minutos, Ayew foi lançado na esquerda da área, tirou a marcação e bateu travado por Lindelof. A bola ficou com De Gea. Mas ela pegou no braço do zagueiro e o juiz foi ao monitor do VAR. Com isso, a penalidade máxima foi marcada!

Zaha foi pra bola com calma, bateu no canto direito de De Gea, que foi na bola lenta de Ayew e defendeu o pênalti! Mas na defesa, De Gea se adiantou e o juiz mandou voltar. Com a batida mais uma vez, Zaha foi mais responsável, bateu no alto, no canto esquerdo. De Gea saiu na bola, mas nada pode fazer. Aos 29, o Crystal Palace ampliava o placar!

Com 35 minutos, em um cruzamento, a defesa não conseguiu tirar, a bola sobrou para Van de Beek, na direita da área, que bateu cruzado, na direita, diminuindo o placar em sua estreia!

Mas aos 39, em mais uma jogada de contra-ataque, a bola chegou em Zaha na esquerda, quando Lindelof não conseguiu tirar. O atacante dominou, tirou a marcação e bateu no canto direito de De Gea, ampliando o placar e jogando um balde de água fria nos Red Devils!

Tabela e próximos jogos

Com o resultado, o Crystal Palace soma seis pontos em dois jogos, ficando na vice-liderança, atrás apenas do Everton. Já o Manchester United fica na 17ª posição, com nenhum ponto em um jogo, na frente de Sheffield United, Fulham e West Bromwich.

O Manchester United volta aos gramados na próxima terça-feira (22), às 16h15, quando viaja para enfrentar o Luton Town, pela Copa da Liga Inglesa. Já o Crystal Palace volta aos gramados no próximo sábado (16), às 11h, quando recebe o Everton, pela 3ª rodada da Premier League.

VAVEL Logo