David Moyes e dois atletas do West Ham testam positivo para Covid-19 antes de partida contra Hull City
Foto: West Ham

Na tarde desta terça-feira (22), o West Ham anunciou três baixas por covid-19, minutos antes de sua partida contra o Hull City pela Copa da Liga Inglesa.

Tratam-se do técnico David Moyes, e os jogadores Issa Diop e Josh Cullen que foram escalados para o jogo entre os 11 titulares, mas tiveram que deixar o Estádio Olímpico de Londres imediatamente após testarem positivo para o coronavírus. O ocorrido surge no mesmo dia em que o duelo Leyton Orient e Tottenham foi cancelado, pelo mesmo motivo. 

"A equipe médica do clube foi informada dos resultados do teste enquanto a equipe estava no Estádio de Londres se preparando para a eliminatória da terceira rodada da Carabao Cup contra o Hull City. O treinador e os dois jogadores deixaram o estádio imediatamente e voltaram para casa. Todos os três, que são assintomáticos, agora seguirão as diretrizes e protocolos da Public Health England e da Premier League. Todos no West Ham enviam seu apoio a David, Issa e Josh. O jogo de terça-feira vai decorrer conforme planeado, com o treinador adjunto Alan Irvine irá comandar a equipe", informou o West Ham em nota.

A partida ocorreu normalmente, e o West Ham goleou o rival por 5 a 1, se classificando para rodada 4 da Carabao Cup. Comandados pelo assistente Alan irvine no lugar de David Moyes, um dos infectados, venceu com gols de Haller, Yarmolenko (2) e Snodgrass (2).

Vale ressaltar que a continuidade do jogo e seu não cancelamento, ocorreu com total consentimento e apoio do Hull City, que declarou: "Estamos satisfeitos que o West Ham, que seguiu todas as diretrizes e protocolos ao receber os resultados positivos e, após consultar a EFL, estava confortável com o andamento do jogo."

Antes do jogo, o clube já havia divulgado sua escalação, com Issa Diop e Josh Cullen entre os titulares, e o técnico Moyes na beira do gramado comandando a equipe.

Após testarem positivo, deixaram o estádio imediatamente sendo substituídos por Harrison Ashby e Jack Wilshere, respectivamente. Os jogadores ficarão em quarentena por 10 dias, e vão ficar de fora da partida contra o Wolverhampton, no domingo, pela Premier League.

 

VAVEL Logo