Com jogo catastrófico na defesa, Chelsea busca empate contra West Bromwich nos acréscimos
Foto: Divulgação/Chelsea FC

Pode respirar agora, torcedor! Na tarde desse sábado (26), em jogo válido pela terceira rodada da Premier League, o Chelsea visitou o West Bromwich em busca dos três pontos e se juntar a parte de cima da tabela. Do outro lado, o West Brom veio ao jogo em busca dos primeiros pontos do campeonato. Apesar do favoritismo antes do jogo, os Blues foram buscar o empate em 3 a 3 fora de casa. 

Após três falhas defensivas, o West Bromwich abriu 3 a 0 com dois de Callum Robinson e um de Bartley. Apesar de ser melhor dentro de campo o jogo inteiro, com mais posse de bola e finalizações, o Chelsea só conseguiu empatar no segundo tempo. Mason Mount e Hudson-Odoi diminuiram o placar e Tammy Abraham empatou a partida aos 93'. 

Formações táticas

O técnico Slaven Bilić resolveu ir com a mesma formação dos outros dois jogos na Premier League. O 5-4-1 começou com Johnstone no gol, O'Shea, Bartley e Ajayi formando o trio de zagueiros, enquanto Townsend e   Furlong cuidaram das laterais. No meio-campo, Diangana, Sawyers, Livermore e o brasileiro Matheus Pereira  ficaram  responsáveis pela maior parte da criação de jogadas e  levar a bola ao centroavante Callum Robinson. 

Frank Lampard trouxe algumas mudanças no Chelsea. A formação começou em um 4-2-3-1 e as mudanças começaram já no gol, com Caballero no lugar de Kepa. A defesa também começou com novidades, com  Thiago Silva e Christensen na zaga e Reece James e Marcos Alonso nas laterais. No meio-campo mais defensivo, Kanté e Kovacic faziam a cobertura quando precisasse. Para a criação de jogadas, Havertz, Mason Mount e Timo Werner. Lá na frente, mais avançado, Tammy Abraham.

Empate com sabor amargo para os Blues

O primeiro tempo da partida foi um completo desastre para o time de Frank Lampard. Com menos de 30 minutos de jogo, o Chelsea já perdia por 3 a 0, com os três gols saindo de falhas defensivas. Tudo começou aos 4 minutos, quando Marcos Alonso fez um recuo muito curto e deu a bola  para Matheus Pereira, que enxergou Callum Robinson e o centroavante não desperdiçou. 

Já aos 25', Thiago Silva escorregou na saída de bola, o que deixou Robinson livre para marcar segundo gol dele. Pouco tempo depois, aos 27', mais uma falha defensiva levou ao gol do West Brom. Após escanteio, a defesa deixou o zagueiro Bartley livre para marcar o terceiro dos donos da casa. 

Quem vê um placar tão elástico já aos 30 do primeiro tempo pode pensar "Nossa, o Chelsea não teve nenhuma chance no primeiro tempo". É justamente aí que você se engana! No primeiro tempo, o Chelsea teve 77% de posse de bola e conseguiu finalizar 11 vezes, sendo que três deles foram em direção ao gol de Johnstone. Do outro lado, o West Brom finalizou cinco vezes, acertando justamente os três no gol de Caballero. 

O segundo tempo trouxe outros ares para o Chelsea. E os resultados vieram rápido: aos 55', Mason Mount bateu cheio de veneno e não deu para Johnstone. Já aos 70', Hudson-Odoi colocou ainda mais fogo no jogo deixando o placar em 3 a 2 para os donos da casa.  Ao apagar das luzes, aos 93', Tammy Abraham arrancou o empate para os Blues. 

Os números do segundo tempo não mudaram muito para o segundo. Com 75% de posse de bola, o Chelsea conseguiu finalizar 11 vezes, acertando sete delas no gol. Já o West Brom não acertou nenhuma das quatro finalizações. Sensação horrível para os dois times: para Lampard, pelo primeiro tempo  e as falhas defensivas. Para Bilic, por não ter conseguindo segurar o resultado. 

Próximos compromissos

Os times voltam a campo pela Premier League. No sábado (03), o Chelsea enfrenta o Crystal Palace em casa às 8h30. Já no domingo (04), às 8h, o West Bromwich visita o Southampton, às 8h.

O time de Frank Lampard também tem compromisso no meio da semana, com a Copa da Liga Inglesa. O confronto será nada mais, nada menos que um clássico londrino: os Blues encontram o Tottenham de José Mourinho na terça-feira (29), às 15h45. 

VAVEL Logo