Com
Rashford decisivo, Manchester United resiste à pressão e vence PSG
Foto: Divulgação/Manchester United

Parecia, durante o jogo, repetição do pesadelo para o Paris Saint-Germain, que foi eliminado pelo Manchester United há um ano, na fase das oitavas de final da edição 2018-19 da Uefa Champions League, ao ser batido por 3 a 1 na França. Nesta terça-feira (20), derrota por 2 a 1.

Na ocasião, o time parisiense venceu por 2 a 0 no Old Trafford, mas sofreu com revés no Parc des Princes, em pênalti batido por Rashford nos acréscimos, que converteu e decretou a classificação dos ingleses pela vantagem dos gols fora de casa.

Em novo confronto, as equipes se enfrentaram no mesmo estádio, mas dessa vez pela primeira rodada do Grupo H da principal competição europeia de clubes. Os Red Devils abriram o placar de pênalti com Bruno Fernandes, porém os franceses empataram com gol contra de Martial e os visitantes marcaram no final da partida com Rashford.

Distribuição tática

Para encarar os ingleses, o técnico Thomas Tuchel optou pelo tradicional 4-3-3 com Navas no gol, Florenzi na lateral-direita, Diallo e Kimpembe na defesa, Kurzawa na lateral-esquerda. No meio, Herrera, Danilo Pereira e Gueye levaram a bola ao trio formado no ataque por Di María, Mbappé e Neymar.

O treinador Ole Gunnar Solskjaer, por sua vez, escolheu o 5-3-2 para dar espaço aos três zagueiros sem abrir mão dos laterais. Tuanzebe, Lindelof e Shaw auxiliaram o goleiro De Gea na defesa, enquanto Wan-Bissaka e o estreante Alex Telles cuidaram das laterais. No meio, o trio foi composto por Fred, McTominay e Bruno Fernandes. No ataque, Martial recebeu a companhia de Rashford.

Apesar da pressão do PSG, Manchester United se segura na defesa e surpreende ao marcar gol da vitória no momento final da partida

Na primeira etapa, o jogo começou sem surpresas, mas com o Paris Saint-Germain querendo mostrar a que veio no campo de ataque com Neymar e Di María. Mesmo em situação difícil, o Manchester United inaugurou o marcador aos 23, em pênalti batido por Bruno Fernandes, que errou a primeira e o árbitro mandou voltar após Navas se adiantar na defesa; na segunda cobrança, o português correu para o abraço dos companheiros de equipe.

Com a vantagem, os Red Devils ficaram mais confortáveis no gramado, enquanto o PSG tentou ir em busca do empate antes da ida ao intervalo, o que deixou a partida equilibrada.

No segundo tempo, o time da casa voltou mais agressivo no ataque e chegou à igualdade aos 55 através de gol contra de Martial, que após escanteio batido por Neymar, cabeceou contra o gol do próprio time. A agressividade dos parisienses, porém, foi desaparecendo com o passar dos minutos.

Da metade até o final, o jogo ficou morno e o único lance surpreendente ocorreu aos 87, em lance que o time mancuniano trabalhou a bola no meio e Pogba passou para Rashford arriscar chute à meta de Navas, que não conseguiu impedir o decisivo gol da vitória dos visitantes.

Classificação e próximos compromissos

Com o resultado, o Manchester United ocupa a vice-liderança do Grupo H, com três pontos, atrás do líder RB Leipzig, que leva vantagem no saldo de gols, enquanto o PSG se encontra na terceira colocação, com zero.

Em seus respectivos campeonatos nacionais, os Red Devils terão difícil embate diante do Chelsea no sábado (24), no Old Trafford, às 13h30. O Paris, por sua vez, também jogará no mesmo dia, mas às 16h contra o Dijon, no Parc des Princes.

VAVEL Logo