Bayern
resiste à pressão do Lokomotiv Moscou e consegue vitória sofrida na Champions
Foto: Divulgação/Bayern de Munique

Após goleada bávara diante do Atlético de Madrid na última semana, o Bayern de Munique não teve a mesma sorte nesta terça-feira (27). O time alemão viajou até a Rússia para encarar o Lokomotiv Moscou, no Estádio Lokomotiv, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo A da Uefa Champions League.

Com 2 a 1 no placar final, os gols do Bayern foram marcados por Goretzka e Kimmich, enquanto Miranchuk descontou para os russos.

Distribuição tática

O técnico Marko Nikolic escalou o Lokomotiv Moscou no 4-3-2-1, com Guilherme Marinato no gol, Corluka e Murilo Cerqueira na defesa, Zhivoglyadov e Rybus nas laterais. No meio, a primeira linha foi formada poe Ignatjev, Kulikov e Krychowiak, enquanto Smolov e Miranchuk, mais adiantados, fizeram ligação com Zé Luís no ataque.

O comandante Hansi Flick, por sua vez, não fugiu do 4-2-3-1 para montar o Bayern de Munique, seu esquema tático preferido. Neuer no gol, Pavard na lateral-direita, Süle e Alaba na defesa, Lucas Hernández na lateral-esquerda. No meio, Kimmich e Goretzka cuidaram da marcação; Müller, Tolisso e Coman fizeram a movimentação ofensiva com o artilheiro Lewandowski na frente.

Pressão russa apesar da derrota

O Lokomotiv Moscou, logo nos minutos iniciais, mostrou que complicaria a vida do Bayern de Munique na partida, mas não conseguiu impedir o gol de Goretzka aos 13, que recebeu assistência de Pavard para cabecear ao fundo das redes.

Os russos começaram ofensivos, porém os alemães equilibram as ações do confronto e acionaram muito o lado esquerdo com Coman para chegar na área adversária. Mesmo com a desvantagem, o time da casa manteve a frieza e não se mostrou abalado; a equipe, inclusive, ofereceu muita competitividade.

Na volta do intervalo, o Bayern corrigiu os erros e conseguiu segurar o ímpeto do Lokomotiv por um determinado período, porém pecou na falta de capricho nas finalizações. Como consequência, os anfitriões chegaram ao empate aos 70 com Miranchuk, em passe de Zé Luís pela direita.

Os russos cresceram no jogo, porém não foram certeiros nas outras chances criadas no ataque e foram castigados com gol de Kimmich aos 79, que apenas dominou e acertou chute de longa distância para matar o goleiro Guilherme.

Novamente à frente do placar, os bávaros usaram a experiência para segurar o resultado e resistiram bravamente à pressão do time adversário fora de seus domínios.

Estatísticas

O Bayern teve maior domínio na posse de bola, com 65%, mas apenas acertou quatro finalizações ao alvo de 19 arriscadas, além de 605 passes (524 certos). O Lokomotiv teve somente 35% de posse, contudo chutou em 15 oportunidades (seis no alvo, cinco para fora e quatro travados) e trocou 331 passes (253 certos).

Classificação e próximos compromissos

Com o resultado, o Bayern de Munique se isola na liderança do Grupo A, com seis pontos, enquanto o Lokomotiv Moscou ocupa a lanterna, com um ponto. Na próxima rodada, os jogos serão na terça-feira (3); os russos recebem o Atlético de Madrid, às 14h55, e os alemães visitam o RB Salzburg, às 17h.

Em seus respectivos campeonatos nacionais, o Bayern irá encarar o Colônia no sábado (31), fora de casa, às 11h30, e o Lokomotiv, por sua vez, jogará no mesmo dia, mas às 13h diante do Sochi, também longe de seus domínios.

VAVEL Logo