Manchester United atropela RB Leipzig e lidera grupo H da Champions
Rashford jogou 27 minutos e marcou três gols (Divulgação/Man United)

No grupo da morte da UEFA Champions League, o Manchester United mostrou que é o coveiro. Na tarde dessa quarta-feira (28), os Red Devils atropelaram o Red Bull Leipzig, por 5 a 0, e garantiram o isolamento na liderança do grupo H. Jogando em casa, no Old Trafford, Greenwood, Martial e Marcus Rashford, três vezes, marcaram os gols. 

 

 

Primeiro Tempo

Sabendo que o calendário não favorece, o United começou o jogo poupando algumas peças importantes, como Bruno Fernandes e Rashford. A formação do time não foi a clássica 4-2-3-1, mas sim um 4-4-2 com novidades no meio campo. Van De Beek e Pogba mais a frente, no setor criativo, enquanto Matic e Fred faziam a proteção. Na frente, a aposta na velocidade de Martial e Greenwood.

Já a equipe de Julian Nagelsmann entrou em campo usando um desenho 3-5-2, com quatro meias adiantados. O foco ofensivo do time alemão era o lado direito, fazendo Henrichs e Poulsen sobrecarregarem Luke Shaw e obrigarem Matic a sair da posição para ajudar na cobertura.

O inicio do confronto foi marcado pela alta intensidade, o que era esperada nesse confronto dos líderes do grupo. Os donos da casa tinham um pouco menos de posse, mas eram os mais perigosos no ataque. Aos 20', Pogba conseguiu espaço, arrancou pela esquerda e entregou um pelo passe, nas costas de Upamecano, para Greenwood, que bateu cruzado e abriu o placar. 

O Leipzig não sentiu o golpe e logo passou a pressionar em busca do empate. O principal problema dos Bulls era acertar a meta, já que a zaga adversária pouco falhou dentro da área e obrigou chutes de longe. Das sete finalizações tentadas na primeira etapa, foram quatro pra fora, dois bloqueados e apenas uma que deu trabalho para o goleiro De Gea. 

 

 

Segundo tempo

Nem parecia que tinham já tinham corrido por 45 minutos, as equipes mantiveram a grande intensidade e velocidade do primeiro tempo também na segunda etapa. Os Red Devils, que tinham recuado após marcar, tentando explorar contra ataques, voltaram do intervalo com uma mentalidade mais agressiva, parecida com a do início do jogo. 

O Red Bull passou a assustar principalmente a partir de bolas paradas, com levantamentos. Poulsen, aos 17', quase marcou de cabeça, em um lance que ainda desviou em Konate e contou com milagre de De Gea pra impedir a igualdade.

Mas a superioridade o United passou a ficar evidente com o passar do tempo. O Leipzig tentou avançar a linha de defesa pra pressionar, mas deu espaço pra contra-ataque. Aos 29', essa estratégia se tornou mortal, pois  Bruno Fernandes deu uma linda assistência, ainda no campo de defesa, para Rashford que correu livre e, cara a cara com o goleiro ampliou a vantagem. 

Abalado, os visitantes acabaram dando mole na defesa, perderam a bola e sofreram o terceiro logo na sequência. Rashford aproveitou a roubada de Bruno Fernandes e passou tranquilamente por Upamecano, ficando de frente pro gol e batendo forte no canto esquerdo da meta.

O jogo igual que estava acontecendo até o segundo gol ficou completamente irreconhecível nos instantes finais. Em mais um ataque dos mandantes, aos 43', Sabitzer, desesperado, deu um carrinho por trás em Martial e cometeu o pênalti. O próprio francês cobrou rasteiro na esquerda e marcou. 

Pra fechar o caixão, Rashford anotou seu hat-trick, o quinto da partida. Com tranquilidade, os Red Devils foram trocando passes na esquerda contra o perdido Leipzig e entraram na área com facilidade. Martial invadiu, cortou pro meio e tocou para o companheiro inglês que livre, bateu colocado na direita. 

   

 

 

Destaque do jogo: Rashford

Nem tem como ser diferente, o inglês jogou apenas 27 minutos e simplesmente mudou a cara do confronto. No total, 19 toques na bola, sendo quatro chutes e três gols. Iluminado, driblava com tranquilidade os defensores, com destaque pra Upamecano, que vinha fazendo uma boa partida até ser entortado pelo camisa 10 dos Devils no lance do segundo gol.

Vale também uma menção honrosa a Pogba, que explorou bem os espaços na defesa adversária e conseguiu uma boa assistência quando o jogo estava acirrado. 

 

 

Próximos jogos

No próximo jogo o RB Leipzig visita o Borussia Monchengladbach, no Borussia-Park, pela Bundesliga, às 14h30 (Horário de Brasília). No dia seguinte, 13h30, o Manchester United joga o clássico contra o Arsenal, novamente jogando em casa, pela Premier League.

VAVEL Logo