No jogo 500 de Sergio Ramos em LaLiga, Real Madrid controla
Huesca, goleia e dispara na ponta da tabela
Foto: Divulgação/Real Madrid

Em jogo válido pela oitava rodada de LaLiga, o Real Madrid recebeu no Alfredo di Stefano o Huesca, com o objetivo de vencer para aumentar a vantagem na ponta da tabela.

A partida que ocorreu no último sábado (31) terminou com goleada merengue. Hazard, Benzema (2) e Valverde marcaram os gols. Ferreiro descontou e o placar terminou em 4 a 1.

Estratégias

Zidane entrou com seu time praticamente titular, dando chances para jogadores que não vinham bem; A linha de defesa era formada por Lucas Vázquez, Militão, Sergio Ramos – esse que completou seu jogo de número 500 em LaLiga – e Marcelo. O meio de campo tinha Casemiro, Modric e Valverde. No ataque Asensio, que não vem bem, Benzema e Hazard, voltando de lesão, tinha oportunidade.

Já o Huesca de Muñoz tinha duas linhas de quatro jogadores para segurar o ataque merengue. Pablo Maffeo, Pulido, Siovas e Luisinho formavam a primeira. Sergio Gómez, Nwakali, Mosquera e Ontiveros formavam a segunda. No ataque Borja Garcia e Rafa Mir buscavam puxar os contra- ataques.

Primeira etapa com Huesca equilibrando

Pela direita, Rafa Mir foi lançado, passou por Militão na corrida e, sem ângulo, bateu no canto de Courtois, que defendeu e colocou para escanteio a primeira chance da partida logo aos seis minutos. Já aos 14 Modric, de trivela, lançou Hazard, que desviou com a ponta do pé e mandou a bola por cima do gol.

Aos 20 Rafa Mir foi lançado e bateu por cima do goleiro, mas estava impedido e o placar não foi aberto nesse momento, apesar do susto no torcedor merengue. Cinco minutos depois, em um cruzamento da esquerda, Benzema conseguiu o cabeceio e ele obrigou o goleiro Fernández a espalmar para longe.

Dois minutos depois, o camisa 15 recebeu na esquerda e cruzou para Sergio Gomez, que bateu por cima do gol ao se atirar na bola. O Huesca assim gerava sua terceira chance de gol claro, enquanto o Real tinha apenas uma chance clara de gol.

Com 39 minutos Hazard, que estava sumido na partida, recebeu pelo meio tirando a marcação, soltou o pé no canto direito do goleiro, fazendo um golaço! E cinco minuto depois Vásquez recebeu na direita, cruzou e Pablo Maffeo errou o tempo de bola, deixando ela passar para Benzema, que matou no peito e soltou o pé para vencer o goleiro.

Apesar de todos os problemas, espaços concedidos para o ataque do Huesca, principalmente com Rafa Mir, a qualidade técnica pesou e o Real foi para o intervalo com a vantagem no placar.

Gol cedo e controle do jogo no segundo tempo

Na volta da segunda etapa o Real chegou rápido ao ataque com Benzema, que cruzou para a direita, onde Valverde soltou o pé para vencer o goleiro e fazer o terceiro do Madrid. Com 17 minutos, Vinicius Júnior, que tinha acabado de entrar para dar mais velocidade, fez o esperado e desceu rápido pela esquerda e cruzou para Benzema, mas o atacante bateu por cima do gol.

O jogo se encaminhava para algo tranquilo, onde o Real dominava a posse de momento e mantinha o controle. Mas em uma escapada Rafa Mir recebeu na esquerda e cruzou para Ferreiro, que se jogou na bola e diminuiu o placar!

Mas aos 45 do segundo tempo, Marcelo bateu uma falta na área, Rodrygo desviou para o meio da área de cabeça e Benzema cabeceou pro fundo do gol para sacramentar a goleada.

Com o controle a maior parte do jogo, apesar de alguns sustos, o Real teve 60% da posse de bola, contra 40% do Huesca. Os donos da casa finalizaram 13 vezes, acertando seis delas no gol, contra nove dos visitantes, que acertaram duas apenas.

Próximos jogos e classificação

Na próxima terça-feira (3) o Real Madrid recebe a Inter de Milão, às 17h, pela terceira rodada da Champions League. Já o Huesca volta a jogar no sábado (7), às 10h, quando recebe o Eibar.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo