Chelsea leva susto mas se recupera, goleia Sheffield United e entra no G-4 da Premier League
Foto: Divulgação/Chelsea

Em jogo válido pela oitava rodada da Premier League, o Chelsea recebeu no último sábado (7) o Sheffield United e goleou no Stamford Bridge.

McGoldrick assustou abrindo o placar no começo, mas Abraham, Chilwell, Thiago Silva e Werner deram tranquilidade aos blues e construíram a goleada para cima dos visitantes.

Estratégias

Lampard escalou seu time de uma forma ofensiva em campo. A linha de defesa tinha James, Zouma, Thiago Silva e Chilwell. No meio estavam Kanté – que não é um meio campista completamente marcador – Kovacic e Mount. No ataque ficavam Zyech, Abraham e Werner.

Já o Chris Wilder escalou seu time numa formação geralmente vista como defensiva, mas em campo foi diferente. Basham, Egan e Stevens faziam a linha de defesa. As alas eram de Baldock e Lowe. O meio era formado por Lundstram, Norwood e Berge. E a dupla de ataque era McGoldrick e Brewster.

A partida

Aos três minutos, em uma descida pela direita, a bola passou por todos no cruzamento e Chilwell bateu forte, mas em cima de Ramsdale

Aos oito, após uma pressão do Sheffield, o gol saiu. Em uma jogada de escanteio pela direita, Baldock cruzou, a bola chegou na área, onde saiu a finalização de Berge para McGoldrick desviar para o fundo das redes!

Mas essa vantagem durou apenas 15 minutos, até a jogada pela direita de Kovacic, que cruzou para o meio onde estava Abraham. Ele bateu pro chão, a bola subiu e caiu no canto direito de Ramsdale!

Aos 30 minutos, em uma falta da direita, a bola de Zyech foi direto para o gol e Ramsdale espalmou para a esquerda, onde Werner bateu forte, mas acertou o travessão!

Dois minutos depois o Chelsea chegou à virada! Em um escanteio curto, Zyech recebeu a bola e levantou ela na área para chegar em Chilwell, que desviou na pequena área para vencer o goleiro e virar a partida! Aos 38 Chilwell , no bate rebate na área, conseguiu uma finalização e obrigou Ramsdale a buscar a bola no canto esquerdo!

Na volta da segunda etapa, aos 11, os blues criaram a primeira jogada, quando Abraham fez o pivô e achou Zyech, que arrumou e bateu de fora, para um desvio de Egan, por cima do gol! Aos 21, em mais uma boa jogada de troca de passes, Kovacic bateu de longe e mandou pelo lado direito do goleiro com perigo!

E, aos 31, em uma falta da direita, praticamente um escanteio, Zyech cobrou e Thiago Silva se antecipou a marcação e desviou de cabeça para ampliar o placar e conseguir fazer a pressão do Chelsea se tornar gol! Um minuto depois Zyech lançou Werner no ataque, sozinho, que bateu por cima do goleiro, mas para fora.

Aos 34, Werner recebeu de Kanté no meio e bateu na saída do goleiro, para sacramentar a goleada do Chelsea!

A prova de tal pressão do Chelsea foi a posse de bola de 71% contra 29% do Sheffield, que trocou 307 passes, menos da metade do Chelsea, que trocou 754.

Pode-se pensar que isso não conclui que a pressão existiu, mas quando se olham as 20 finalizações dos blues vê-se que sim, o Chelsea foi muito melhor em campo, além de efetivo – acertou nove delas, enquanto o Sheffield chutou apenas seis vezes, acertando três.

Próximos jogos e classificação

O Chelsea volta a jogar no sábado (21), às 9h30, quando encara o Newcastle. Já o Sheffield joga no domingo (22), às 11h, quando recebe o West Ham.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo