Juventus
supera dificuldades e bate rival Torino de virada no Derby della Mole
Foto: Divulgação/Juventus

Em posições diferentes na classificação, mas pressionados iguais devido aos últimos resultados, Juventus e Torino se enfrentaram neste sábado (5), na Allianz Stadium, em jogo válido pela décima rodada da Serie A. N’Koulou abriu o placar para os visitantes, enquanto McKennie e Bonucci foram os autores da virada bianconera. No fim, 2 a 1 no placar.

Com o resultado, o Toro confirmou o pior início desde que o campeonato adotou três pontos por vitória e continua sem vencer o Derby della Mole como visitante; o último triunfo foi em 1995. Por fim, nos últimos 29 jogos: uma vitória do Torino, 22 vitórias da Juventus e sete empates.

Distribuição tática

Sem poder contar com o suspenso Morata, o treinador Andrea Pirlo escalou a Juventus no 4-4-2: Szczesny no gol, De Ligt e Bonucci na defesa, Cuadrado e Danilo nas laterais. No meio, o quarteto foi formado por Kulusevski, Bentancur, Rabiot e Chiesa, enquanto Dybala e Cristiano Ronaldo foi a dupla de ataque.

O técnico Marco Giampaolo, com postura mais defensiva, mandou o Torino a campo no 3-5-2: Lyanco, N’Koulou e Ricardo Rodríguez auxiliaram o goleiro Sirigu na defesa, enquanto o meio-campo foi reforçado por Stephane, Meité, Rincón, Linetty e Ansaldi. Na frente, a dupla foi formada por Zaza e Belotti.

Juventus esbarra novamente na falta de criatividade das jogadas, mas usa eficiência para vencer Torino de virada

O dérbi começou disputado, mas logo aos nove minutos o Torino mostrou a que veio ao abrir o placar com N’Koulou, em jogada que venceu a marcação adversária para mandar a bola ao fundo das redes. Mesmo jogando mais recuado, o Toro conseguiu ser mais perigoso que a Juventus na primeira etapa. Para isso, usou velocidade nas jogadas de contra-ataque para chegar de surpresa à área rival. O time da casa, por sua vez, teve 64% de posse de bola, mais administrada no meio-campo, mas sem realmente conseguir ameaçar.

Dybala e Cristiano Ronaldo, mais discretos, foram pouco acionados no ataque e consequentemente o goleiro Sirigu fez somente uma defesa no primeiro tempo. Na volta do intervalo, o camisa 39 novamente fez apenas uma defesa. Sendo assim, a dupla foi pouco determinante para a mudança de resultado na etapa final.

Para o segundo tempo, a Juventus aproveitou melhor a posse de bola (65%) e mandou no jogo com 12 finalizações. Aos 59, chegou ao empate com Cuadrado, porém o tento foi anulado por impedimento após revisão no VAR. O colombiano, contudo, contribuiu com duas assistências para os gols de McKennie aos 77, que entrou seis minutos antes na vaga de Rabiot, e de Bonucci aos 89, que cabeceou a redonda ao fundo das redes e comandou a virada bianconera.

Apesar da vitória da Juve, a equipe outra vez não apresentou desempenho satisfatório e continua a sofrer com a falta de criatividade nas jogadas que cria. Chama atenção o domínio que tem da posse de bola, mas não sabe o que fazer com ela, principalmente quando encontra dificuldades para furar uma boa marcação. A situação, com certeza, é preocupante.

Classificação e próximos compromissos

Com o resultado no Derby della Mole, a Juventus pulou para a terceira colocação, com 20 pontos, porém pode ser ultrapassada por Sassuolo, Napoli ou Roma, que ainda jogam na rodada. O Torino, por sua vez, se encontra na 18ª posição, na zona de rebaixamento, com seis pontos.

No próximo final de semana, o Toro recebe a Udinese no sábado (12), às 14h, enquanto os bianconeros visitam o Genoa no domingo (13), às 14h.

VAVEL Logo