Em grande atuação no primeiro tempo, RB Leipzig se classifica e elimina Manchester United
Foto: Divulgação / RB Leipzig

E a Alemanha segue na Champions. Em jogo válido pela sexta rodada da UEFA Champions League, o RB Leipzig recebeu o Manchester United na Red Bull Arena. Como o grupo estava bem embolado, com três times com 9 pontos, a vitória classificaria qualquer um dos dois times. 

E o RB Leipzig saiu com a classificação na mão, pelo segundo ano seguido. O time de  Julian Nagelsmann abriu 2 a 0 no primeiro tempo, com Angeliño e Haidara e ampliou para 3  no segundo tempo, com Kluivert. O United tentou a reação, com Bruno Fernandes e Pogba, mas não foi o suficiente para evitar a eliminação.

Distribuição tática

Do lado dos donos da casa, Julian Nagelsmann fez algumas alterações  no time titular iniciou a partida mandando o Gladbach em um 3-4-2-1. Com Gulásci no gol, Konaté, Mukiele e Orbán formaram a defesa. No meio-campo, Angeliño, Kampl, Sabitzer e Haidara trabalharam mais atrás, em conjunto com a defesa, enquanto Fosberg e Nkunku criavam jogadas para abastecer Dani Olmo lá na frente.

Querendo permanecer na liderança do grupo H, Solskjaer montou uma United bem parecido, em um  3-4-1-2. Com De Gea no gol,  Harry Maguire, Lindelöf e Luke Shaw fizeram a linha de defesa. No meio-campo, Wan-Bissaka, McTominay, Matic e Alex Tellez eram atrasados, enquanto Bruno Fernandes funcionava como um meia-atacante, auxiliando Greenwood e Rashford lá na frente. 

Em um primeiro tempo de gente grande, RB Leipzig consegue a classificação e elimina o Manchester United

O grupo H é um dos que não tinham as vagas decididas.  O United precisava vencer para garantir a liderança, mas se perdesse e o PSG vencesse fora de casa, perdia a vaga e ficava com a Europa League. E desde o início do jogo, o RB mostrou quem mandava na Red Bull Arena. 

Logo no primeiro minuto, Angeliño abriu o placar após uma inversão de  Sabitzer e o espanhol, que estava livre na área , chutou cruzado de primeira. Os primeiros minutos do jogo mostraram um Manchester sem tocar na bola. Não porque não queria, mas porque o Leipzig não deixava. A primeira grande chance do United veio aos 8 minutos, com Greenwood recebendo em velocidade pela direita e chutando em cima do goleiro Gulácsi. Porém, não demorou muito para o RB reagir a chance dos visitantes.

Aos 12', Haidara aumentou o placar. A jogada começa com ele, passa por Sabitzer e Angeliño e termina em Haidara, que aparece livre na área para chutar de primeira. Aos 16', quase que sai o terceiro do time alemão, em mais uma inversão perfeita de Angeliño, que cruza para Fosberg, mas o camisa 10 perdeu. 

Aos 29', o terceiro gol até saiu.  Konaté, em posição legal, cabeceia na trave esquerda, e a bola sobra para Orbán marcar em cima da linha. Porém, o gol foi anulado por impedimento do húngaro. O Manchester só apareceu de novo no ataque aos 32', com Rashford recuperando a bola  e chutando forte. Porém Orbán se esticou e trava a finalização.

Os números do primeiro tempo mostram que, apesar do equilíbrio na posse de bola, o Leipzig foi muito mais preciso em suas finalizações, principalmente transformando as chances em gols. Os touros  chutaram seis vezes, sendo que três delas foram no gol de De Gea. Já os visitantes acertaram somente um dos cinco chutes no gol de Gulascí.

O segundo tempo trouxe um Manchester United diferente do primeiro. Conseguindo pressionar, coisa que não fez durante os 45 minutos iniciais,  o time inglês ficava mais no ataque. Porém, os problemas começaram a aparecer no ataque, pois a bola sempre batia na defesa dos touros. 

Mesmo com o United melhor, pressionando mais, o RB Leipzig que chegou ao terceiro gol. Após o erro de Maguire em não cortar a bola, ela chegou limpa para Kluivert aos 23'.

Aos 33, o jogo começou a quer mudar de rumo. Konaté e Greenwood trombam na área e o juiz marcou pênalti para o Manchester. Bruno Fernandes diminuiu o placar para 3 a 1. Logo depois, aos 37, Paul Pogba sobe mais do que os outros dentro da área e cabeceia. A bola ainda bate em Maguire e Konaté antes de entrar no gol. 

Aos 37 do segundo tempo, o Manchester United estava a um gol da vaga nas oitavas.  O mesmo jogo que o RB Leipzig fazia um 2 a 0 com menos de 20 minutos, saiu de campo para o intervalo com chances de ampliar para 4 a 0, chegando ao terceiro gol no início do segundo tempo, o United conseguiu colocar fogo em menos de cinco minutos. 

O Manchester United até tentou chegar ao terceiro gol, com Greenwood e Rashford, mas não foi o suficiente. A organização e a defesa compacta do RB Leipzig, principalmente no segundo tempo, fizeram a diferença para a classificação dos touros. 

Classificação

Com a vitória, o RB Leipzig é o primeiro classificado do grupo H para as oitavas de final da Champions League. Já o Manchester United se despediu da fase de grupos da Champions e se classificou para a Europa League, independente do jogo adiado do PSG.

VAVEL Logo