Com início arrasador, Olympique de Marseille vence Monaco e segue na cola do PSG
Foto: Divulgação/Ligue 1

Um começo arrasador pode fazer muito por uma equipe em um jogo de futebol. Prova viva disso foi o duelo válido pela 14ª rodada da Ligue 1. No Vélodrome, o Olympique de Marseille marcou dois gols em 13 minutos e sustentou a vantagem ante o Monaco ao longo do cotejo.

A vantagem nas estatísticas, entretanto, foi da equipe visitante. Montado no 4-4-2 por Niko Kovac, o Monaco teve mais posse de bola (61%), finalizou mais (nove a cinco) e chutou corretamente mais bolas no gol (quatro a dois) que o time de André Villas-Boas, que atuou no 4-3-1-2.

Atropelo inicial

O Monaco começou a partida tentando pressionar. Logo aos dois minutos, Wissam Ben Yedder recebeu no lado esquerdo e finalizou alto demais. 

A resposta veio da maneira mais letal possível. Aos cinco minutos, Darío Benedetto cruzou da esquerda na medida para Florian Thauvin, que ganhou da marcação e cabeceou para abrir o placar. Oito minutos depois a vantagem foi dobrada: em novo cruzamento, os protagonistas do lance anterior trocaram os papéis e o argentino aproveitou a bola alçada na área do francês para chutar no ângulo esquerdo.

Insuficiente

Com dois gols sofridos antes dos quinze minutos de jogo, o Monaco se lançou ao ataque e, basicamente, monopolizou as ações ofensivas até o final do duelo. Aos 27, Ruben Aguilar desceu pela direita e adentrou a área, caindo após choque com Yuto Nagatomo. O árbitro não marcou pênalti - mesmo com os protestos dos monegascos. Com 34 minutos, Benoit Badiashile aproveitou cobrança de falta e finalizou no canto direito, mas Steve Mandanda foi buscar. O goleiro do OM também defendeu finalização forte de Aurelien Tchouameni três minutos depois.

Logo no começo do segundo tempo, após bola viva na área, muita reclamação por parte dos jogadores do Monaco, que reclamaram de pênalti após suposto toque de mão de Boubacar Kamara. Após revisão do VAR, a penalidade máxima não foi marcada aos seis minutos. Com 15, Pietro Pellegri recebeu de Youssouf Fofana e chutou à direita da meta do Olympique de Marseille.

Aos 32 minutos, sequer foi necessário reclamar para o pênalti ser marcado. Ajudando a defesa, Thauvin colocou a chuteira no rosto de Ben Yedder na área para tentar desarmá-lo. Na cobrança do pênalti, o próprio atacante cobrou no cantinho direito rasteiro da meta do Olympique. 

O ASM poderia chegar ao empate, e teve duas oportunidades para tal no final da peleja. Aos 43 minutos, Stevan Jovetic avançou pela faixa central e caiu após contato com Kamara, mas o árbitro não marcou pênalti. Já aos 50, após cruzamento de Ruben Aguilar pela direita, Enzo Millot cabeceou muito perto da trave direita marselhesa.

Próximos jogos

Na próxima rodada da Ligue 1 (Campeonato Francês) 2020/2021, o Olympique Marseille viaja para enfrentar o Rennes, enquanto o Monaco recebe o Lens. As duas partidas acontecem na próxima quarta-feira (16), às 17h (horário de Brasília).

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo