Fiorentina busca empate com Sassuolo, mas segue sem vencer desde outubro na Serie A
Foto: Divulgação/ACF Fiorentina

Em jogo que movimentou as duas pontas da tabela, Fiorentina e Sassuolo empataram em 1 a 1 nesta quarta-feira (16), pela 12ª rodada da Serie A. Hamed Traoré abriu o placar para o Sasol, mas Vlahovic, de pênalti, decretou o resultado final no Artemio Franchi, em Florença.

Com o resultado, a Fiorentina chegou ao sétimo jogo seguido sem vitória na Serie A, enquanto o Sassuolo perdeu a chance de entrar na zona de classificação à Liga dos Campeões.

Grande início neroverde

Muito pressionada, a Fiorentina de Cesare Prandelli veio para campo mais uma vez com três zagueiros e, mesmo assim, sofreu para segurar os ataques do Sassuolo. Ribéry ganhou a vaga de titular de Eysseric, assim como Castrovilli voltou para o XI inicial, com Pulgar indo para o banco.

O time de Roberto de Zerbi teve Berardi, Boga e Traoré em um ótimo primeiro tempo, vencendo os duelos com a defesa da Fiorentina em vários momentos do jogo. Com 64% de posse de bola e incríveis 91% de acerto de passes no primeiro tempo, o Sassuolo começou muito bem o jogo - apesar da primeira chance ter sido com Biraghi, da Viola, aos seis minutos -, chegando com facilidade perto da área de Dragowski.

Aos 13, em grande passe de Berardi, Traoré apareceu de surpresa nas costas da defesa e, de frente para o gol, não desperdiçou: 1 a 0. Nove minutos depois, Rogério arriscou chute forte da entrada da área, Dragowski deu rebote e Berardi chegou livre para finalizar, mas pegou mal e mandou longe.

Reação viola

Depois de uma primeira metade de predomínio do Sassuolo, a Fiorentina conseguiu crescer, principalmente carregada pela atuação influente de Ribéry, que foi de longe o jogador mais importante do time no ataque. A Viola conseguiu pressionar a saída de bola com avanço da linha de meio-campo e passou a incomodar mais o Sasol, além de quase ter igualado o número de finalizações - oito a nove.

Aos 28, aproveitando saída errada de Consigli, Castrovilli roubou a bola no ataque e soltou para Ribéry, que avançou para dentro da área e finalizou no canto, mas pegou fraco e o goleiro segurou. Quatro minutos depois, o francês partiu para dentro da área, foi travado por baixo por Locatelli e o árbitro marcou pênalti. Vlahovic foi para cobrança, mandou no lado direito deslocando o goleiro e empatou.

Na reta final do primeiro tempo, os ânimos se acirraram e vários faltas duras foram anotadas. Ao fim da etapa inicial, o juiz já havia aplicado seis cartões amarelos, três para cada lado, além de 18 faltas.

Equilíbrio

A Fiorentina teve mais chances na segunda etapa, apesar de a posse de bola continuar alta do Sassuolo - terminou com 67%. Mesmo cansado, Ribéry foi importantíssimo para abrir espaços e também nas jogadas individuais.

A Fiorentina por pouco não virou aos dois, quando Venuti aproveitou saída errada do Sassuolo, tabelou com Vlahovic e recebeu com condições de finalizar, mas finalizou mal. Sem o mesmo ímpeto, o Sasol não esteve mais tão confortável com a posse de bola, mas ainda conseguiu criar algumas boas chances. Obiang, por pouco, não fez o gol em chute de fora da área, que parou no travessão.

Aos 14, após ótima jogada pela direita, Ribéry cruzou rasteiro e Castrovilli chegou batendo forte, mas Consigli voou e espalmou. Enquanto Prandelli demorou para mexer, de Zerbi mudou várias peças, colocando primeiro Defrel e Caputo e depois Djuricic e Bourabia. Apesar das várias tentativas de mudança, os reservas não tiveram grande influência.

A melhor participação de um jogador vindo do banco neroverde foi aos 24, quando Boga tabelou com Defrel, saiu com espaço dentro da área, mas acabou chutando na rede pelo lado de fora.

Mesmo desgastado, Ribéry quase decidiu o jogo aos 37. Em grande ação individual, o francês ganhou de três marcadores em um pequeno espaço dentro da área e encheu o pé, carimbando o travessão. Na reta final, o Sassuolo ocupou o campo de ataque e trabalhou a posse de bola, mas sem conseguir tirar a igualdade do placar.

Classificação e próximos compromissos

Com o empate, a Fiorentina segue na 17ª colocação, com dez pontos, três a frente do Genoa e quatro a frente do vice-lanterna Torino, que ainda joga na rodada.

Já o Sassuolo ocupa a quinta colocação, com apenas uma derrota e 23 pontos somados no Campeonato Italiano. O time pode ser ultrapassado pela Roma, que entra em campo nesta quinta-feira (17) justamente contra o Torino.

A Fiorentina volta a campo no sábado (19) para outro jogo em casa, desta vez contra o Hellas Verona, às 11h. No dia seguinte, o Sassuolo recebe o líder Milan, às 11h.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo