Em jogo com dois pênaltis, Fiorentina e Verona não saem do empate em Florença
Foto: Divulgação/ACF Fiorentina

Em partida com poucas emoções e arbitragem confusa, Fiorentina e Hellas Verona empataram por 1 a 1 na abertura da 13ª rodada da Serie A. De pênalti, Miguel Veloso e Vlahovic marcaram os gols da partida deste sábado (19) no Artemio Franchi, em Florença.

Arbitragem se "destaca" em primeiro tempo fraco

A primeira etapa foi de pouquíssima inspiração no Artemio Franchi. Em um jogo travado, com algumas entradas duras e arbitragem fraca, uma penalidade foi marcada com menos de dois minutos. Salcedo caiu dentro da área após dividida com Igor e Barreca e o árbitro Francesco Fourneau apontou a marca da cal.

Depois de quase cinco minutos de checagem do VAR, ele foi até o vídeo e, mesmo assim, confirmou a marcação. Miguel Veloso deslocou Dragowski na cobrança e abriu o placar.

A resposta da Viola veio logo em seguida, quando Barreca cruzou da esquerda, Vlahovic desviou na primeira trave e acertou o lado de fora da rede. O lateral foi uma das novidades na escalação de Cesare Prandelli, que deixou Biraghi no banco. Outra mudança foi a entrada do zagueiro brasileiro Igor na vaga de Cáceres. No geral, porém, os problemas da Fiorentina continuaram - pouca velocidade na frente e troca de passes lenta apesar de posse de bola superior.

Aos 18, o árbitro apareceu para marcar outra penalidade discutível. Vlahovic recebeu dentro da área, foi travado por Günter dentro da área e o árbitro viu falta. O próprio Vlahovic foi para a cobrança e empatou: 1 a 1.

Daí para frente, a partida não teve mais nenhuma finalização - foram três no total na primeira etapa, duas da Viola. Por outro lado, várias faltas duras foram marcadas, e o jogo ficou paralisado por vários minutos. O time do Verona comandado por Ivan Juric se posicionou no habitual 3-4-2-1, mas os jogadores mais avançados, Zaccagni, Lazovic e Salcedo pouco apareceram. Ao menos, porém, o trio de zaga foi seguro e não cedeu espaços para Ribéry, que vinha de uma partida bastante inspirada contra o Sassuolo.

Para completar a atuação discutível do árbitro, mesmo com várias paralisações, o primeiro tempo teve apenas quatro minutos de acréscimo. Apesar da iniciativa da Fiorentina, o 1 a 1 prevaleceu em uma etapa inicial arrastada, de muita discussão e pouca qualidade.

Mais do mesmo

A segunda etapa manteve o mesmo panorama, com a Fiorentina se lançando à frente, mas com pouca qualidade para superar a defesa do Verona. A primeira chance da Viola foi aos 13, quando, após jogada individual, Vlahovic tentou chutar de pé direito, foi travado, e no rebote tocou para Amrabat, que mandou por cima.

Sem muita opções na frente, Prandelli trocou Bonaventura por Callejón para aumentar a velocidade, mas os problemas continuaram. Do outro lado, o Verona se manteve apostando nos contra-ataques e, aos poucos teve um pouco mais de espaço. Aos 21, a melhor jogada do segundo tempo quase terminou em gol. Em ótima jogada trabalhada, Colley conectou Lazovic, que avançou em velocidade para cara do gol, mas parou em Dragowski.

As entradas de Ruegg e Colley aumentaram o poder de contra-ataque do Verona, mas faltaram as decisões corretas para converter as chances. Do outro lado, a Fiorentina terminou o jogo com 60% de posse de bola e dez finalizações, mas sem nenhum chute correto no segundo tempo.

Aos 39, Milenkovic chegou a ter chance de cabecear bola na pequena área, mas apenas raspou e não conseguiu mandar para o gol. No fim, novo empate da Fiorentina em casa, que chegou ao oitavo jogo sem vencer na Serie A.

Classificação e próximos compromissos

Depois de mais um jogo sem vencer, a Fiorentina vai aos 11 pontos, ainda em 17º lugar, quatro a frente do Genoa, que ainda joga na rodada. O Verona é o sétimo, com 19.

A Fiorentina volta a campo na terça-feira (22) para enfrentar a Juventus, fora de casa, às 16h45. No dia seguinte, o Verona recebe a Internazionale, às 14h.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo