Com
gols de Abraham em dois minutos, Chelsea não convence, mas bate West Ham em casa


 
Foto: Divulgação/Chelsea

O Chelsea fez o dever de casa e venceu o rival West Ham por 3 a 0 nesta segunda-feira (21), no Stamford Bridge, em jogo válido pela 14ª rodada da Premier League. Thiago Silva e Tammy Abraham (duas vezes) foram os autores dos gols.

Distribuição tática

O técnico Frank Lampard usou o 4-3-3 para escalar o Chelsea: Mendy no gol, Zouma e Thiago Silva na defesa, Azpilicueta e Chilwell nas laterais. Kanté, Jorginho e Mount movimentaram o meio-campo, enquanto Timo Werner, na ponta esquerda, Pulisic na ponta direita, e Tammy Abraham, como centroavante, formaram o trio de ataque.

Por outro lado, o treinador David Moyes usou o 4-2-3-1 para mandar o West Ham a campo: Fabianski no gol, Balbuena e Ogbonna na defesa, Coufal e Cresswell nas laterais. No meio, Soucek e Rice auxiliaram na marcação, enquanto Bowen, Noble e Fornals cuidaram da criação das jogadas. Na frente, o ataque foi liderado por Haller.

Apesar da vitória, Chelsea se mostrou previsível e abaixo do esperado em campo

Assim como em outros jogos da temporada, o Chelsea novamente deixou a desejar em campo durante os 90 minutos. Tanto no primeiro quanto no segundo tempo, os Blues não foram totalmente dominantes e permitiram pressão dos rivais em determinados momentos do confronto.

Após bom começo dos visitantes, que se lançaram ao ataque nos minutos iniciais, os mandantes abriram o placar com Thiago Silva aos dez, que aproveitou escanteio batido por Mason Mount para cabecear ao fundo das redes. A vantagem permitiu maior controle da posse de bola, mas sem realmente levar perigo. Os Hammers, por outro lado, se sobressaíram na metade da primeira etapa, entretanto sem ameaçar o goleiro Mendy.

No segundo tempo, todavia, o West Ham voltou com outra postura, mais agressivo, e o Chelsea não retornou bem do intervalo. Apesar da superioridade, a equipe de David Moyes novamente não foi efetiva no ataque e deixou passar as oportunidades.

Mesmo não jogando bem, os Blues mataram o jogo em duas oportunidades com Tammy Abraham aos 78 e 80. O apagado Timo Werner, fora de sua posição de origem, contribuiu com assistência para o primeiro gol do camisa 9, porém decepcionou no desempenho. O time de Lampard venceu mais uma no campeonato, mas precisa melhorar e apresentar atuações mais convincentes nos próximos jogos.

Classificação e próximos compromissos

Com a vitória, o Chelsea assumiu a quinta colocação, com 25 pontos, ficando apenas dois atrás do vice-líder Leicester e um ponto que separa de Manchester United e Everton. O West Ham, por sua vez, ocupa a décima posição, com 21 pontos.

Na próxima rodada, os Blues terão clássico londrino diante do Arsenal no sábado (26), no Emirates Stadium, às 14h30, enquanto os Hammers recebem o Brighton no domingo (27), às 11h15.

VAVEL Logo