Após dez anos longe dos gramados, Raymond Domenech é
anunciado como treinador do Nantes
Foto: Divulgação/FFF

Raymond Domenech está de volta ao banco de reservas. Foram dez anos longe de seu ofício, mas, neste sábado (26), a diretoria do Nantes o anunciou como novo técnico da equipe. O contrato com o treinador de 68 anos de idade tem duração até o fim da atual temporada. A última vez que esteve à frente de uma equipe foi na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, quando a Seleção da França foi eliminada na primeira fase após um racha escancarado entre Domenech e alguns dos jogadores convocados.

Como jogador, Raymond Domenech começou a carreira profissional no Olympique Lyonnais no ano de 1970, após dez anos nas categorias de base do clube. Foi onde passou mais tempo. Em seguida, atuou por Strasbourg, Paris Saint-Germain, Bordeaux e Mulhouse. Foi no clube que está atualmente na quinta divisão nacional que Domenech jogou e treinou ao mesmo tempo. Em 16 anos de carreira como lateral-direito, foram 536 jogos disputados e 20 gols marcados.

Como técnico, se destacou pelo longo tempo passado pelas equipes treinadas. Domenech começou a carreira no Mulhouse em 1984 e ficou até 1988. Em seguida, passou cinco anos como técnico do Lyon e aceitou o convite para treinar a seleção Sub-21 da França, onde ficou entre os anos de 1993 a 2004. Após a Eurocopa deste ano, assumiu o comando do time principal.

À frente dos Bleus, disputou as Copas do Mundo de 2006 e 2010, além da Euro de 2008. Em 2006, no Mundial disputado na Alemanha, conquistou o vice-campeonato ao ser derrotado pela Itália nos pênaltis. Nas outras duas grandes competições, duas eliminações na primeira fase. Na Seleção profissional, foram 79 jogos, com 41 vitórias, 23 empates e 15 derrotas, com 111 gols marcados e 59 sofridos.

O presidente do Nantes, Waldemar Kita, afirmou que o tempo sem treinar não prejudicou na escolha do novo treinador. Pelo contrário, Kita acredita que Domenech tem experiência de sobra para comandar os Canários, a princípio, nos próximos cinco meses.

“O Nantes está feliz de poder contar com a experiência de Raymond Domenech para o resto da temporada 2020-21. É uma escolha cuidadosamente pensada. Estou convencido das qualidades que o ex-treinador da seleção francesa e de alto nível pode trazer ao clube”, disse.

Raymond Domenech também comentou sobre sua chegada à Casa Amarela e falou sobre a ansiedade em iniciar logo os trabalhos para melhorar o desempenho da equipe na temporada.

“Estou muito feliz e muito orgulhoso por ingressar em um lendário clube francês como o Nantes. Mal posso esperar para começar a trabalhar com a equipe e fazer todo o possível para que o clube encontre um lugar digno do seu título. Gostaria de agradecer em particular a Waldemar e Franck Kita por me oferecerem esta magnífica oportunidade de recuperar o ambiente e começar com este magnífico dérbi contra o Rennes no dia 6 de janeiro. Vamos, Nantes”, declarou.

A última vitória do Nantes foi no começo do mês de novembro. Nos oito jogos seguintes, quatro derrotas e quatro empates, o que fez a equipe despencar na tabela de classificação. O clube ocupa a 16ª colocação, com 15 pontos, perto da zona de rebaixamento. O primeiro jogo de Raymond Domenech no time será no próximo dia 6 de janeiro, quando recebe o Rennes no Stade de la Beaujoire, em Nantes/FRA. O Dérbi Bretão (Le Derby Breton) é válido pela 18ª rodada da Ligue 1 2020-21.

VAVEL Logo