Após três gols anulados, City consegue abrir placar sobre United e avança para final da Copa da Liga Inglesa
Foto: Divulgação/Manchester City

Na tarde desta quarta-feira (6), o Manchester United foi derrotado por 2 a 0 para o Manchester City, no Old Trafford, com gols do zagueiro John Stones, aos cinco minutos do segundo tempo, e do volante Fernandinho, aos 37 minutos para fechar o placar. Com este resultado, o City avança para a final da Copa da Liga Inglesa e enfrenta o Tottenham, que venceu e eliminou nesta terça, por 2 a 0, o Brentford.

Formação tática

O Manchester United do técnico Solskjaer entrou em campo no 4-2-3-1, formando uma equipe com quatro jogadores na defesa, dois como intermediários, três meias-atacantes e um centroavante na área.

Com a bola, os Red Devils rodavam a chave no 2-3-5, mantendo os laterais, principalmente o esquerdo, Luke Shaw, mais avançado, enquanto o Wan-Bissaka era mantido na defesa para dar apoio a Lindelof e Maguire.

O Manchester City do técnico Pep Guardiola entrou em campo no 4-2-3-1, com a mesma similaridade da equipe mandante, no entanto, sem a bola, o City se defendia no 4-1-4-1, mantendo uma zona pressionante de quatro jogadores, principalmente na defesa, com o resguardo do primeiro meio-campista, Fernandinho, entre linhas para dar aproximação com os quatro jogadores mais a frente para avançar até o último terço.

City classificado!

No primeiro minuto da partida, John Stones abre o placar com gol contra após jogada em velocidade pela esquerda do Manchester United, propiciada em ataque rápido após recuperar a bola do City nos primeiros segundos de partida.

Rashford, invertido, recebe pela ponta e finaliza contra o gol de Steffen, que espalmou nos pés do zagueiro John Stones que devolve no susto para o próprio gol. No entanto, todo o lance estava impedido, aliviando a tensão para o time de Pep Guardiola e frustrando o time de Solskjaer.

Aos quatro minutos, Gundogan voltou a abrir o placar da partida, novamente, em impedimento, enquanto Bruno Fernandes, aos oito minutos, em lance de rápida organização ofensiva e com espaço para finalizar, o meia português surpreende o goleiro Steffen com uma finalização perigosa, obrigando o goleiro americano a espalmar para escanteio.

Aos 12 minutos, De Bruyne avança pelo meio, não encontra jogadores livres, e sem olhar para a frente, finaliza com bastante perigo explodindo a trave direita do goleiro Henderson.

Aos 23 minutos, mais um gol impedido, dessa vez, de Phil Foden que recebe a bola pela esquerda, ataca o espaço na falha defensiva do United que só tenta acompanhar a jogada, mas assiste ao jogador finalizando com categoria por baixo das pernas de Henderson. No entanto, o lance já estava em impedimento no momento em que o jovem meia inglês recebe a bola.

No segundo tempo, aos cinco minutos, após a cobrança de falta lateral pelo meia Phil Foden, a defesa do United desvia a bola, mas não o suficiente para tirar da área, por isso, no mesmo momento o zagueiro John Stones aproveita a sobra e finaliza com facilidade para o gol de Henderson, abrindo enfim o placar sem impedimento.

Após o gol, o City tenta alargar o placar no cabeceio de Sterling após cruzamento de De Bruyne pela esquerda para a boa defesa de Henderson, e novamente, mais uma bela defesa do goleiro inglês após a finalização com perigo de Mahrez que enfiou uma bomba para o arqueiro do United espalmar com as pontas dos dedos para escanteio.

Caminhando para a final da partida, após o escanteio de Phil Foden, Fernandinho recebe a bola e finaliza de primeira com força, acertando o canto direito do gol de Henderson, aos 37 minutos do segundo tempo, ampliando o placar e sacramentando a vaga para a final da Copa da Liga Inglesa.

VAVEL Logo