Em noite de recordes negativos quebrados, Bayern é eliminado da Pokal pelo Holstein Kiel
Divulgação/DFB

Esta quarta-feira (13) foi um dia histórico para o futebol alemão. No Holstein-Stadion, o Holstein Kiel, após empatar em 2 a 2 no tempo normal e na prorrogação, eliminou o Bayern nos pênaltis (6 a 5) na segunda fase da DFB-Pokal 2020-21.

O Bayern não chegava ao menos até as semifinais da competição desde a temporada 2008/2009 - quando caíram ante o Bayer Leverkusen. A última vez em que os bávaros caíram na copa nacional para uma equipe que não era da Bundesliga aconteceu em 2003/2004, ante o Alemania Aachen - então na 2. Bundesliga, segunda divisão nacional. Para fechar a sequência de recordes negativos, a últimas vez que o FCB foi eliminado tão cedo no certame foi na temporada 2000/2001, quando, também na segunda fase, caiu ante o Magdeburg.

Com 61% da posse de bola, o Bayern finalizou mais que o triplo que o adversário (vinte e três a sete) e também acertou chutes a gol que o adversário: nove a três. O time de Hans-Dieter Flick veio armado no 4-2-3-1, enquanto o clube da segunda divisão, de Ole Werner, jogou no 4-1-4-1.

Emoção até o fim

A peleja começou como todos imaginavam: com o Bayern buscando o gol. E, logo aos 14 minutos, os bávaros inauguraram o marcador: Thomas Muller chutou, Ioannis Gelios defendeu e, no rebote, Serge Gnabry chutou forte no meio da meta. O alemão voltou a arriscar aos 27, após assistência de Jamal Musiala: a finalização passou à direita do gol. Com 36, Muller apareceu na pequena área e chutou forte, mandando a redonda acima do travessão. 

Diz a sabedoria popular que quem não faz, toma. Um minuto depois, Jannik Dehm acionou na faixa central e Fin Bartels finalizou na saída de Manuel Neuer para empatar. E, aos 38, após passe de Finn Dominik Porath, Jae-Sung Lee marcou. O tento, entretanto, foi anulado por impedimento do sul-coreano. Muller perdeu outra chance aos 39, após receber a bola de Corentin Tolisso.

O Bayern voltou a ficar à frente do placar logo aos três minutos do segundo tempo. Em cobrança de falta, Leroy Sané cobrou no ângulo direito e marcou um golaço. E cabia mais: aos 21 minutos, Jamal Musiala chutou forte do lado direito e Gelios fez grande defesa. E, de novo, no apagar das luzes, o Holstein Kiel foi buscar o empate: aos 50 minutos, após cobrança de escanteio de Johannes van den Bergh, Hauke Wahl escorou de cabeça.

Sem grandes lances nos acréscimos, a decisão foi para a disputa de pênaltis. Após todos os atletas acertarem nas cinco primeiras cobranças de cada time, Marc Roca cobrou no canto direito e Gelios buscou. Os seis cobradores do Holstein Kiel (Wahl, Ahmet Arslan, Janni-Luca Serra, Lee, Niklas Hauptmann e Bartels) converteram. Robert Lewandowski, Joshua Kimmich, Muller, David Alaba e Douglas Costa fizeram para o Bayern.

Próximos jogos

Na terceira fase da Copa da Alemanha, o Holstein Kiel vai enfrentar o Darmstadt 98, entre os dias 02 e 03 de fevereiro, no Holstein-Stadion. Antes disso, pela 2. Bundesliga, no próximo domingo (17), os cegonhas recebem o Karlsruher, às 9h30 (horário de Brasília). No mesmo dia, mas às 11h30 e pela Bundesliga, o Bayern encara o Freiburg na Allianz Arena.

VAVEL Logo