Emoção até o fim: Messi é expulso, Athletic derrota Barcelona e conquista  Supercopa da Espanha
Foto: Divulgação/ Athletic de Bilbao

Neste domingo (17), Barcelona e Athletic de Bilbao fizeram a grande final da Supercopa da Espanha. Em jogo realizado no Estádio Olímpico de La Cartuja. A partida foi quente e com emoção até o fim. No tempo normal terminou 2 a 2, com dois gols de Griezmann para os Culés. Iñaki Williams (2 vezes) e Muniain decretaram a vitória do Athletic.

Como as equipes chegaram até aqui?

Na semifinal o Barça empatou com a Real Sociedad por 1 a 1 no tempo normal. Já nos pênaltis venceu por 3 a 2 e garantiu a classificação para a final.

Do outro lado, o Athletic Bilbao sofreu menos e venceu o Real Madrid por 2 a 1 no tempo normal.

Athletic é melhor, sofre gol e busca empate

O Athletic de Bilbao fez um bom primeiro tempo, ocupou bem os espaços no meio-campo. Logo aos 10 minutos, o Athletic teve uma boa chance de abrir o placar, mas foi impedido pelo zagueiro Lenglet, que tomou cartão amarelo por cometer falta em Iñaki Williams, que ganhava na corrida após passe em profundidade.

A melhor chance, de fato, do Barcelona só veio aos 39 minutos. Com Griezmann mostrando oportunismo e abrindo o placar. Messi começou a jogada e deu um belíssimo passe para Jordi Alba, que apareceu sozinho e cruzou rasteiro para o camisa 10 chegar batendo. A marcação do Bilbao bloqueou e a bola sobrou para o camisa 7 mandar para o fundo das redes.

Mas nem deu tempo de comemorar. Dois minutos depois a pressão do Athletic de Bilbao deu certo! De Marcos recebeu um ótimo cruzamento de Iñaki Williams, que apareceu livre nas costa da marcação e tocou para o gol cara a cara com Ter Stegen para deixar tudo igual.

Um gol para cada lado

O segundo tempo começou bem movimentado para os dois lados. O Barcelona conseguiu a virada com Griezmann que não vive uma boa fase no Barça, mas seu gol foi um grande ponto positivo. 

Aos 31 minutos, em um lance muito parecido com primeiro gol do Barcelona, Griezmann recebeu cruzamento rasteiro de Alva e recolocou a equipe catalã a frente no placar.

No entanto, aos 45, Muniain cobrou falta para dentro da área, e Vilaibre foi mais rápido que a defesa para mandar para o fundo das redes.

Na prorrogação, golaço de Iñaki e expulsão de Messi

Durante toda a partida Iñaki Williams foi melhor pelo lado do Atlético de Bilbao e foi dos pés dele que saiu o gol na prorrogação que garantiu o título da equipe. Aos três minutos, o jogador recebeu pela esquerda, fintou para o meio e emendou um lindo chute no ângulo, um golaço!

O Barça até tentou buscar uma reação, mas viu Lionel Messi que estava tendo uma partida bem apagada, perder a cabeça e ser expulso após uma cotovelada no rosto de Villalibre.

VAVEL Logo