Novo técnico
do Chelsea, Thomas Tuchel avalia empate na estreia: “Satisfeito com o desempenho”
Foto: Divulgação/Chelsea

Em ritmo movimentado nos bastidores, o Chelsea demitiu Frank Lampard na segunda-feira (25), anunciou Thomas Tuchel como novo técnico na terça-feira (26) e, 24 horas depois, o alemão comandou a equipe à frente do banco de reservas, em empate sem gols diante do Wolverhampton nesta quarta-feira (27), no Stamford Bridge, pela 20ª rodada da Premier League.

Os Blues foram dominantes do início ao fim, com 78% de posse de bola, 14 finalizações (cinco no alvo) e 898 passes (832 certos), mas não conseguiram arrancar vitória em casa. Por outro lado, os Wolves tiveram somente 22% de posse, quatro finalizações (nenhuma no alvo) e 242 passes (174 certos).

Apesar da igualdade no placar final, o comandante gostou do desempenho que a equipe apresentou em campo.

“Eu entrei no vestiário e disse a todos que agora não há espaço para decepção. Não há espaço para dúvidas. Pelo contrário, fiquei muito satisfeito com o desempenho enérgico, com a nossa intensidade. Tivemos 16 recuperações no último terço. Estávamos muito estruturados, não permitimos nenhum contra-ataque perigoso a uma das equipes mais perigosas em contra-ataques”, iniciou.

“Portanto, estávamos muito bem organizados, fomos corajosos, tivemos coragem e jogamos muito bem como equipe, ofensiva e defensivamente, com uma boa contribuição dos jogadores que entraram e uma atitude muito boa dos que não ficaram no banco. Havia um bom espírito”, completou a avaliação.

Mesmo com apenas um dia no clube, Tuchel ficou satisfeito com a equipe tentando se adaptar às suas ideias e o jeito como colocou em prática diante do adversário, além de mencionar a preparação para o jogo ante o Burnley no próximo domingo. 

“Ontem encontrei um grupo totalmente aberto às nossas ideias, nossas crenças e nossa abordagem tática, onde queremos acelerar o jogo, onde queremos fechar espaços, como queremos defender e atacar. Isto me fez sentir muito bem, porque é isso que você deseja. De agora em diante, este é o nível, podemos começar a trabalhar nos detalhes e nos preparar para [encarar o] Burnley”.

Por fim, complementou: “Quando olho para este jogo de hoje, fico bastante surpreso porque posso me identificar totalmente com o que fizemos aqui. Eu teria ficado feliz em ter o estádio cheio e acho que os torcedores teriam gostado do que viram aqui. Conseguimos colocar o jogo completamente na meta adversária, conseguimos fechar os contra-ataques muito cedo, criamos muitas chances e, a cada minuto, mais e mais chances”.

Classificação e próximos compromissos

Com o resultado, o Chelsea subiu para a oitava colocação, com 30 pontos, enquanto o Wolverhampton também ganhou uma posição e se encontra em 13º, com 23 pontos.

Na próxima rodada, os Wolves visitam o Crystal Palace no sábado (30), às 12h, e os Blues, por sua vez, recebem o Burnley no domingo (31), às 9h.

VAVEL Logo