Andrea Pirlo elogia vitória da Juventus, mas mantém pés no chão: "Ainda não temos nada ganho"
Divulgação/Juventus FC

A tarde foi de início de decisão na Coppa Itália e os bianconeri começaram na frente. Valendo vaga na final, a Juventus venceu a Inter de Milão por 2 a 1 em pleno Giuseppe Meazza nesta terça-feira (3). Apesar dos donos da casa abrirem o placar com Lautaro Martiínez, a  Juve conseguiu virar o jogo com dois gols de  Cristiano Ronaldo.

Sobre  o jogo, o comandante Andrea Pirlo afirmou que o time é difícil de se bater quando toma a atitude certa. "Em qualquer caso, temos um elenco forte e não tenho problemas em fazer o rodízio. Caímos um pouco depois do intervalo, e a Inter merece algum crédito por isso, mas é normal ao longo dos 90 minutos", disse Pirlo.

Este é o segundo Derby D'Italia do ano. Há duas semanas, em rodada válida pela Serie A do calcio, a Inter venceu a Juventus no mesmo Giuseppe Meazza por 2 a 0, com gols de Vidal e Barella. Sobre a diferença da equipe nos dois jogos, Pirlo admitiu: "Não éramos nós mesmos quando jogamos contra o Inter pela Serie A, mas aprendemos com isso. Todos nós nos unimos depois disso, e nossa vitória na Supercopa nos fez perceber que podemos competir em todas as frentes. No entanto, ainda não tem nada ganho - só vencemos a primeira partida", completou o treinador. 

Quem também falou sobre a partida na entrevista coletiva foi o meio-campista Adrien Rabiot. O francês disse que a vitória foi importante, mas que é preciso manter os pés no chão. “Foi uma partida muito importante, e estamos satisfeitos porque mostramos que somos uma equipe diferente daquela que jogou com a Inter no campeonato. Ainda temos a segunda partida para jogar, e vai ser ainda mais difícil. Precisamos de outra grande apresentação como desta noite”, afirmou o número 25.

VAVEL Logo