Após péssimo primeiro tempo, Manchester United derrota Brighton de virada em casa
Foto: Divulgação / Manchester United

Foi com mais sofrimento do que o programado, mas deu tudo certo! Em jogo válido pela 30ª rodada da Premier League, o  Manchester United recebeu o Brighton no Old Trafford na tarde deste domingo (04).  Os dois times fazem campanhas bem diferentes na Premier League: enquanto o time de Solskjaer permanece na vice-liderança, o time de Graham Potter tenta se afastar cada vez mais da zona de rebaixamento. 

Por conta da diferença na tabela de classificação, o United tinha a "obrigação" de fazer o dever de casa. Apesar de sair atrás do placar com o gol de Welbeck no primeiro tempo, Rashford e Greenwood não deixaram barato e viraram para os donos da casa. 

Distribuição tática

Ole Gunnar Solskjær decidiu mandar um United em um 4-2-3-1.  Com Henderson no gol, a defesa foi formada por Wan-Bissaka e Luke Shaw nas laterais e Lindelöf e Harry Maguire na zaga. Como volantes, Fred e Pogba apoiavam a defesa enquanto Greenwood, Bruno Fernandes e Rashford criavam as jogadas no meio-campo. No comando do ataque, Cavani.

Graham Potter decidiu levar o Brighton montado em um 3-4-1-2 para o Old Trafford. Com Robert Sanchez no gol, a defesa foi formada por Ben White, Dunk e Veltman. No meio-campo, Pascal Groß e Moder ajudavam nas laterais enquanto Lallana e Bissouma eram mais centralizados. Mais avançado, Trossard fazia a ligação entre o meio-campo e a dupla de ataque formada por Danny Welbeck e Maupay.

Manchester United se recupera no segundo tempo e vence o Brighton

A volta do futebol depois da Data FIFA não foi exatamente como os Red Devils esperavam. Pela primeira vez desde 2019, o United ficou a primeira etapa inteira sem acertar nenhum dos seus três chutes no gol. O  maior símbolo dessa atuação péssima, principalmente no ataque, foi Cavani

Do lado visitante, o Brighton não tinha nada com isso e aproveitou o péssimo momento do adversário. Mesmo jogando por contra-ataque, Danny Welbeck abriu o placar logo aos 13 minutos de jogo. As gaivotas aproveitaram os 38% de posse de bola para acertar três de cinco chutes no gol de Henderson.

O segundo tempo foi completamente diferente. O Manchester City finalizou 12 vezes, sendo que sete delas foram no gol de Robert Sanchez e não deixou o adversário finalizar nenhuma vez nos últimos 45 minutos. 

A melhora no papel trouxe resultados fora dele também. Aos 62 minutos, Marcus Rashford recebeu passe de Bruno Fernandes e mandou pra dentro do gol. O gol que decretou a vitória Red Devil foi marcado aos 83' com Greenwood recebendo assistência de Pogba

Classificação e próximos jogos

Com a vitória, o United permanece vice-líder com 60 pontos, 14 pontos atrás do Manchester City. Já o Brighton continua na 16ª posição, com 32 pontos.

A próxima rodada da Premie League será realizada no próximo final de semana. No domingo (11), às 12h30, o United tem clássico contra o Tottenham fora de casa enquanto o Brighton recebe o Everton na segunda-feira (12). Porém, antes do confronto no final de semana, o Manchester enfrenta o Granada fora de casa na quinta-feira (08), em jogo válido pela ida das quartas de final da Europa League. 

VAVEL Logo